tudo b br int a c des fit pol t v meta

/v/ - Videojogos

Nome
Opção
Comentário
Ficheiro
Áudio Abrir gravador
  • Lê as Regras e o FAQ antes de participar.
  • Voltar  Arquivo 

     /#/ 55650 🔥

    >o absoluto homem louco está de volta com as suas
    Como é possível sequer competir?

     /#/ 557

    1559156235397.jpg  (120,53 KB, 1200x799) ImgOps

    O hypeman dos trailers fez mais um trailer excelente. Claro que o jogo vai ser tão bom como os trailers certo? Tal como o MGS4 e V certo? Certo?

    Não confiem no Kojima, ele só sabe fazer trailers. O Hideo já não trabalha com o Kojima, os bons joguetes acabaram, diverte-te com os trailers.

     /#/ 558

    1559156477818.gif  (7,33 MB, 590x586) ImgOps


     /#/ 559

    >>556
    Kojima é um hack.
    Sinceramente não sei o que vêm neste "videojogo" pretensioso.

     /#/ 560

    1559157372287.gif  (2,35 MB, 480x265) ImgOps

    >>557
    >insinuando que apesar de não ter grande história, o MGSV não teve um dos melhores gameplay loops da década
    Dou-te um valente kek danone

     /#/ 561

    1559157652429.png  (1,2 MB, 810x1080) ImgOps

    >>560
    >>insinuando que apesar de não ter grande história, o MGSV não teve um dos melhores gameplay loops da década

     /#/ 562

    >>560
    O MGSV tem um excelente moveset e terrível game design. Há uma infindável coisas que podes fazer e nenhum desafio significativo que aproveite o que podes fazer. Tens um arsenal tão infindável e possibilidades quase infinitas de como aproximares-te duma situação, no entanto há 1 ou 2 bases que estão minimamente bem construidas do ponto de vista de bom level design. Apostaram em quantidade em vez de qualidade na construção das bases. Concedo que muitas pessoas consigam divertir-se com este género de open world, mas perdeu muito com os anteriores. O aspecto de sneaking é amador no jogo. E só precisas de olhar para o Ground Zeroes para perceber como poderiam construir boas bases no mesmo jogo, mas decidiram antes rechear o jogo de 500 acampamentos em que nada se passa, nem tem interesse explorar. Level design do pior que há, não sei porque tentaram seguir os piores trends ubisoft-tier de open world perniciosos que nada de interessante oferecem a não ser andar de carro e ver a paisagem a passar.

     /#/ 563

    Sou grande fã de metal gear mas algo me diz que este jogo será medíocre no máximo.
    O homem tem um amor com a realização de filmes e acho que acabou por dar mais atenção ao realismo das cut-scenes e meteu o próprio gameplay em segundo lugar.
    Ele teve literalmente de começar do zero com equipa nova e ferramentas novas. Não me cheira que os 2 anos que o jogo teve de produção cheguem para quem teve de começar do zero com um motor completamente diferente.
    Até o metal gear 5 levou mais do dobro do tempo a ser feito (tal como a grande maioria dos jogos AAA) e deixou um bocado a desejar.
    Mas espero estar errado, e se sim, espero que saia rapidamente para PC porque consolas lol.

     /#/ 564

    >>563
    >Até o metal gear 5 levou mais do dobro do tempo a ser feito (tal como a grande maioria dos jogos AAA) e deixou um bocado a desejar.
    Não sei se o MGSV é um bom exemplo de um bom ciclo de produção. Eu sei que a Konami esteve a fazer muito controlo de danos depois do fiasco mas eram só histórias de terror sobre o Kojima a liderar o projecto. Quase parece Kingdom Hearts.

     /#/ 565

    >>563
    >espero que saia rapidamente para PC
    Meu pobre doce Anão, lamento informar-te que este jogo é financiado pela Sony.

     /#/ 566

    1559159992842.jpg  (774,03 KB, 1920x1080) ImgOps

    >BABBY BABBY BABBY BABBY BABBY
    >BABBY BABBY BABBY BABBY BABBY
    >BABBY BABBY BABBY BABBY BABBY
    PERSONAAAAA!

    https://www.youtube.com/watch?v=6peD5RnatZA

     /#/ 567

    Dice rollRolled 13, 26 = 39

    mais de 50 e vai ser um bom jogo

     /#/ 568

    >>564
    Mesmo que não seja o melhor exemplo, 3-4 anos é um tempo bastante normal para um triplo A, para não contar com os da rockstar que chegam a levar mais. Pega no horizon zero dawn, que partilha o mesmo motor. IP novo para a equipa, open world pela primeira vez, levou-lhes 6 anos a fazer o jogo

    >>565
    https://www.gamespot.com/articles/kojimas-ps4-console-exclusive-will-come-to-pc/1100-6433155/

    Exclusivos durante um tempo são normais. Se mudaram de ideias, não tenho culpa.

     /#/ 569

    >>568
    tl;dr
    >In a Q&A also issued by the company, as published by Medium, it was revealed that Sony is not investing in Kojima Productions, and the unnamed game in question "is planned to become available on PC" after its PS4 release.

     /#/ 570

    >>564
    Onde viste tal histórias? Os rumores que li eram que a Konami estava farta de lhe dar dinheiro porque se queriam focar mais em jogos mobile e por isso é que deu merda e o jogo ficou incompleto. E já agora ele também estava a desenvolver o Silent Hills, é normal a produtividade ser menos concentrada num só jogo.

    De qualquer das maneiras o MGSV foi o metal gear mais bem sucedido e toda a gente sabe que o Kojima é uma mina de ouro independentemente dos jogos serem medíocres ou não. O facto aqui é que a Konami se quis concentrar mais em jogos mobile e online, jogos focados em história como os do Kojima já não fazem parte dos planos.

     /#/ 571

    >>569
    Isso foi dito ainda estava a Kojima Productions nos seus primórdios e as conversas com a Sony em andamento, podes tirar o cavalinho da chuva em o jogo ser multiplataforma num futuro próximo

    Isto foi tirado do site da Sony: "©2019 Sony Interactive Entertainment Inc. DEATH STRANDING is a trademark of Sony Interactive Entertainment LLC. Created and developed by Kojima Productions."

     /#/ 572

    >>571
    >podes tirar o cavalinho
    ao menos eu admito que posso estar errado, já tu parece que trabalhas na kojima productions para estares tão certo

    Se é por o artigo ser antigo, toma lá outro:
    https://www.shacknews.com/article/111973/is-death-stranding-a-ps4-exclusive

    É verdade que não há nada no artigo que ((CONFIRME)), no entanto o que escreveste também não confirma nada

     /#/ 573

    >>572
    Não queria parecer arrogante danone, apenas salientar o facto de que a hipótese de sair para PC é praticamente nula, o jogo está patenteado pela Sony, foi financiado pela Sony e foi construído numa engine proprietária da Sony.
    Recentemente tens tido exemplos de exclusivos que vão sair para PC como o Heavy Rain, Detroit: Become Human, Beyond: Two Souls e Journey, mas todos esses jogos já foram lançados há bastante tempo e só vão ser lançados para PC porque a Epic está a largar rios de dinheiro para a Sony, daí a eu dizer que não acredito que vejamos o jogo noutra plataforma num futuro próximo.

     /#/ 574

    >>573
    >o jogo está patenteado pela Sony
    A marca está patenteada, o jogo é da kojima productions.
    >e foi construído numa engine proprietária da Sony.
    A guerrilla games não é a sony
    >foi financiado pela Sony
    fontes
    >Recentemente tens tido exemplos de exclusivos que vão sair para PC
    já tiveste outros exclusivos que saíram para outras plataformas passado um ano

    Eu sei que é provável que não saia, mas acredito que a hipótese é maior do que pensas.. O kojima pode muito bem ter metido certas condições ao aceitar a ajuda da sony, como por ex o jogo passar a outras plataformas passado um tempo

     /#/ 575

    >>574
    >A marca está patenteada, o jogo é
    da kojima productions.
    A Kojima Productions "é a autora" do jogo, o dono não deixa de ser a Sony.
    >A guerrilla games não é a sony
    Que é uma subsidiária da Sony…
    >fontes
    A empresa que publica o jogo é a Sony, achas que outra empresa o financiou? Ou achas que o Kojima era assim tão rico? Deixa de fingir ser tão ingénuo danone…
    >já tiveste outros exclusivos que saíram para outras plataformas passado um ano
    Exclusivos que não eram da Sony.

     /#/ 576

    Que confusão de trailer. Teremos de esperar para ver.

    De qualquer modo, há que fazer uma simples questão: como é que a Konami vai ser capaz de 'competir' dando seguimento à saga Metal Gear depois desta nova criação do Kojima? Tudo saberá a manifestamente pouco.

     /#/ 577

    >>576
    Acho que não é difícil ele dar seguimento ao MGSV. Mas duvido que ele vá conseguir competir com o kino puro de jogos como o MGS3 e o MGS2 e até do 4 embora menos expressivo do que os outros dois.

    >>570
    O que eu li foi que lhe foram dadas liberdades extraordinárias dentro da Konami e alocaram fundos e recursos da empresa no projecto dele como não se faz com nenhum outro. E ele falhou em produzir resultados passados vários anos.

    Se isto é justificado ou não, é claro que todos olham para o Kojima e pensam logo nas carradas de dinheiro que ele inevitavelmente irá trazer com o projecto. Mas no entretanto, tantos projectos ficam cativos porque esta absoluta diva está a trabalhar no coisinho dele e a chupar os recursos humanos no processo. Não é ilegítima a frustração da Konami mesmo que eles sejam uns completos idiotas que ultimamente se importaram mais em entrar no mercado do pachinko do que em produzir videojogos clássicos.

     /#/ 578

    >>576
    Já agora, em termos de kino o trailer do MGSV foi muito melhor do que o DS.

     /#/ 579

    >>578
    Pessoalmente achei este o único trailer necessário e kino para o jogo

     /#/ 580

    Já agora, vamos todos ignorar que o Refn é uma personagem no jogo?

    >refn deixa o kojima entrar no too old to die young

    >kojima deixa o refn entrar no jogo dele

     /#/ 581

    1559173813769.png  (161,61 KB, 1435x1486) ImgOps

    >é uma "aventura cinematográfica"
    Não estou muito entusiasmado por este "jogo".

     /#/ 582

    >>571
    Nome do jogo: Everybody's Gone to the Rapture
    Developer: The chinese room e sce santa monica
    Publisher: Sony computer entertainment
    Trademark owner: sony
    Jogo considerado um exclusivo ps4 quando saiu
    >“Everybody's Gone to the Rapture” is a trademark or a registered trademark of Sony Computer Entertainment Europe.

    >Jogo saiu para o PC um ano depois


    Nome do jogo: Death Stranding
    Developer: Kojima Productions
    Publisher: Sony computer entertainment
    Trademark owner: sony
    Jogo considerado um exclusivo ps4
    >DEATH STRANDING is a trademark of Sony Interactive Entertainment LLC.

    >Anon podes tirar o cavalinho da chuva porque não vai acontecer

     /#/ 583

    >>581
    Se tivesse só "aventura" já achavas fixolas?

     /#/ 584

    >>568
    Mano isso é o MGSV, o MGS nao pertence à Sony. O Kojima já não está na Konami, o estúdio dele é literalmente nao ironicamente financiado pela Sony.

     /#/ 585

    Sou fã de MGS.
    Não de Kojima.
    De qualquer forma vou jogar o jogo.
    MGS teve as personagens mais carismáticas (mgs3 também)
    MGS2 foi o que teve a melhor escrita e subtext.
    MGS3 foi o melhor jogo em geral.
    MGS4 teve a melhor cinematografia.

     /#/ 587

    1559178943829.gif  (22,2 KB, 86x56) ImgOps

    >>585
    >MGS4 teve a melhor cinematografia.

     /#/ 588

    >>575
    Embora eu não esteja a defender que o jogo não pertença à Sony, todos os sinais apontam para aí. Mas a Sony deter o trademark em si não é o prego final nessa questão. Não é insólito uma empresa ser dona de um IP e no entanto não ter posse do trademark. O trademark é algo muito específico, é praticamente só a marca ou símbolo comercial, não é algo necessariamente que o dono inteiramente possuiu embora seja normal. Isto é no entanto só normalmente observável em IPs antigos que andaram a viajar de empresa em empresa e trademarks não foram adquiridos, logo acabaram por ficar noutro lado.
    Era só mesmo para clarificar a questão do trademark, mas não discordo contigo. Isto não vai chegar ao PC.

     /#/ 589

    >>587
    Burro do caralho.gif

     /#/ 590

    >>584
    Mas lá estás tu com o "pertence". O gajo ia mesmo sair de um sitio onde o trabalho dele é propriedade privada de outra empresa, para abrir a sua e ver o seu novo trabalho cair no mesmo meme.

    >MGS não pertence à sony


    Nem a merda do death stranding. Terem a trademark não é o mesmo que terem o IP.
    >É financiado pela sony
    E então? Ainda acima foi dado o exemplo de um jogo que estava no mesmo comboio que o DS e saiu para PC um ano depois

    Tens varios jogos exclusivos que sairam ou vão acabar por sair para PC e nos quais a sony detém a trademark. O detroit: become human como disse o >>573 é relativamente recente. Gostava era de saber onde é que ele vai buscar merdas destas:

    >porque a Epic está a largar rios de dinheiro para a Sony


    No máximo eles pagaram à sony para terem exclusividade do primeiro ano na epic store. Porque é que a epic pagaria "rios de dinheiro" para jogos que vão sair mais tarde noutras stores, jogos que já se sabe que nem são grande coisa e não vão vender como pães quentes por causa disso?
    Tanto a quantic dream como a kojima productions são developers 1st party da sony, mas isso não faz com que deixem de ser independentes e fazer o que quiserem com os seus jogos (a não ser que tenham assinado alguma merda que os proíba de tal coisa).
    E é nesta parte que vocês já estão aos gritos a dizer "MAS ASSINARAM, TEMOS A CERTEZA QUE ASSINARAM"
    O que eu não entendo é o termos ouvido da boca do kojima que o jogo ia sair para pc mais tarde (e não importa se era no início da sua empresa), ele disse isso, não disse "não vai sair", que é o que parece que ele disse na vossa cabeça. Todos os motivos que vos levam a pensar que não vai sair, já foram dadas como exemplo em outras ocasiões onde o jogo acabou por sair para outra plataforma. Epá, sair para a xbox? Ok admito, é o concorrente directo da ps4, não soa muito provável.. mas foda-se, não há absolutamente provas nenhumas em como não possa vir a sair para PC mais tarde. Só podemos especular, não percebo onde é que vocês vão buscar as vossas certezas todas. Eu próprio disse no inicio desta merda toda que "espero que saia para PC", não disse "vai sair de certeza".

     /#/ 591

    1559220703524.jpg  (99,16 KB, 700x1047) ImgOps

    quem comprar a edição de coleccionador ainda recebe um feto numa cápsula

     /#/ 592

    >>591
    E um vale de desconto para um aborto.

     /#/ 593

    >>591
    Eu não acho que tu sabes o que é um feto

     /#/ 594

    1559222006248.jpg  (146,7 KB, 834x399) ImgOps

    >>593
    Toda a gente sabe o que é um feto, maninho.

     /#/ 1086

    Bump, porque acho que o >>565 o >>571 o >>573 o >>575 e o >>588 vão ficar de rabinho assado daqui a uns meses e não quero que o fio se perca

     /#/ 1140

    1566245290828.jpg  (317 KB, 1920x1080) ImgOps

    Kojima é um hack.

     /#/ 1142

    >>1140
    Hey. HEY!
    Não voltes a dizer tal coisa, ouviste?
    Kojima é um génio.
    Mijar é um acto extremamente profundo. Tu simplesmente não entendes a mente brilhante do Kojima-san.

     /#/ 1143

    Não percebo a malta que diz que está farta do Kojima não "mostrar" o jogo e envolver tudo em mistério. Prefiro ser surpreendido do que saber tudo de antemão, como em alguns trailers de filmes. Fico apenas à espera das reviews para saber se o jogo é bom ou não.

     /#/ 1144

    >>1143
    O problema é que o Kojima subsiste à base do mistério. Vê os trailers para o MGSV, são todos brilhantes… mas o produto final, claro, é aquilo que já sabemos. E eu não confiaria em críticas profissionais se fosse tu, a maioria dos críticos tem uma adoração irracional pelo Kojima e por isso tendem a inflacionar as pontuações.

     /#/ 1147

    >>1143
    >ainda não perceber como funciona o Kojima e como são os jogos dele depois das merdas que se passaram com o MGS4 e 5

    Porra, há gente demasiado ingenua. Ou então são masoquistas.

     /#/ 1151

    >>1144
    Então agora que todo o ator e realizador de Hollywood tem alter egos 3d no jogo, ainda vai ficar tudo mais deslumbrado.

    >o "jogo" parece um filme iterativo, que me parece infelizmente o caminho que as grandes produtoras vão seguir para fazer sinergia com as produtoras de cinema.

     /#/ 1199

    ÉS O MAIOR, KOJIMA!

     /#/ 1203

    1566568615883.png  (15,1 KB, 461x252) ImgOps

    >>1199
    Convém relembrar que

     /#/ 1206

    Tomem outro!

     /#/ 1209

    >>1203
    Isso é que o pessoal não entende.
    Fukushima foi despedido(ou tece um problema familiar) e deixou a konami.
    E ele foi 100% o gajo que escreveu as partes mais 4th wall do MGS2.
    O Kojima no entanto teve muita mão no MGS3 que é um fan favorite

     /#/ 1211

    1566588026676.mp4  (2,74 MB, 780x360) ImgOps

    >>1209
    >E ele foi 100% o gajo que escreveu as partes mais 4th wall do MGS2.
    Que eu saiba não sabemos os detalhes do seu envolvimento a esse ponto, mas podemos muito facilmente inferir pelos créditos (diz sempre Co-Written pelos dois) que teve enorme importância. Se eu tivesse de adivinhar diria que é o oposto, o Fukushima parece-me muito mais sério na sua escrita. É o que gosta de retratar os temas mais políticos, aquelas críticas à política estrangeira dos EUA e a difusão de informação e propaganda. O Kojima é o que gosta de partir a 4th Wall e os elementos mais trapalhões e hollywoodescos. O Fukushima é tão autista da escrita que escreveu dois livros falsos inseridos no universo do MGS2 se te lembras ("The New York Mirror" e "In The Darkness of Shadow Moses"), podes acedê-los algures nos menus do MGS2, e imagino que só um punhado de pessoas se tenha dado ao trabalho de os ler, no entanto ele achou importante escrevê-los.

    >O Kojima no entanto teve muita mão no MGS3 que é um fan favorite

    O Fukushima está com o Kojima desde o MGS1 até ao 3, (aka os jogos com boa escrita) e saiu aquando o MGS4 estava a ser desenvolvido. Não temos qualquer tipo de indicação que o Fukushima tivesse um papel menor no 3.

    Eu gosto de invocar sempre o Fukushima, porque acho que não recebe os créditos necessários, sendo o Kojima um rockstar na indústria. No entanto acho que há fãs que exageram o seu envolvimento como se o Kojima não tivesse importância nenhuma. Embora não saibamos ao certo como era a relação de ambos, parece ser uma relação clássica simbiótica, em que ambos padecem se forem separados, e não há um "melhor" que o outro. É das cabeçadas e compromissos artísticos entre os dois que sai o produto de qualidade, sozinhos sai algo claramente inferior. Temos vários exemplos da escrita sozinha do Kojima mas no caso do Fukushima podes ver o MGS Ghost Babel que ele escreveu sozinho, que não é um mau jogo de forma alguma mas a narrativa não te rebentar os tomates como os MGS 1,2,3. Embora, não seja uma comparasão completamente justa porque estamos a falar dum jogo GBC.

     /#/ 1212

    1566589650376.png  (496,36 KB, 981x806) ImgOps

    >>1211
    Isto. Nós só podemos especular qual foi o envolvimento do Fukushima nos projectos. O facto é que quando ele deixa de escrever para o Metal Gear Solid é quando o franchise vai de boca.

    >Se eu tivesse de adivinhar diria que é o oposto, o Fukushima parece-me muito mais sério na sua escrita.

    Não sei. Outra personagem que é bastante esquecida é o Satoshi Ito e amizade dele com o Kojima foi, segundo ele, instrumental.
    https://en.wikipedia.org/wiki/Project_Itoh

    O MGS4 acho que é indevidamente criticado. Existem jogos piores. O Peace Walker é um grande balde de meh e o MGSV para mim é o pior da saga só porque é quando a coisa se torna insuportavelmente embaraçosa. O MGS4 não é numa obra-prima nem tão-pouco o vou defender nessa base, é um MGS fraco, mas tem momentos brilhantes como quando voltas a Shadow Moses ou quando te é dado um REX para pilotar. É um jogo para os fãs, há uma certa decadência heróica que premeia o jogo, o Snake a morrer lentamente não por causa da FOXDIE mas porque ele é uma ovelha Dolly e ninguém pensou programar longevidade numa ferramenta de guerra quando ele e os irmãos estavam ainda no tubo de ensaio, é um motivo melancólico que inspira simpatia imediata no jogador. Isto torna o jogo bom? Epá, não, mas ao menos compele-te a simpatizares com o protagonista. O MGSV é tecnicamente superior mas totalmente estripado do meta que é comummente usado para condimentar estes jogos, sejam conversas de Codec interessantes ou o que seja. Sem contar com o Peace Walker, foi o único jogo que eu não concluí só porque é tão aborrecido (o Ghost Babel é bastante subvalorizado já agora). O MGS4 ainda tem aquele não-sei-quê de MGS; não é tão visionário quanto o MGS2, não tem a narrativa brilhante do MGS3, não é tão coeso quanto o MGS1 mas é um jogo com pérolas aqui e ali. A melhor coisa do MGSV são os trailers, muito francamente.

    Voltando ao Fukushima, acho que tu tens razão quando dizes que ultimamente o que interessa reter desta história é o quão importante é a sinergia de equipa. Havia qualquer coisa na dinâmica entre ele e o Kojima que fazia a coisa funcionar. Recordo que o MGS3 nem era suposto ter o Kojima a encabeçar o projecto, só o trouxeram à última da hora porque a nova geração precisava dele. Portanto quem diz que o Kojima é merda irreflectidamente só demonstra um bocado de ignorância, há demasiadas incógnitas nas produções destes jogos para que algum de nós possa extrair grandes conclusões disto. A equipa faz o jogo e ultimamente gajos como o Kojima são mais um meme semi-forçado que os estúdios usam para mover unidades.

     /#/ 1219

    1566636220855.jpg  (90,9 KB, 1024x576) ImgOps

    >>1212
    O Peace Walker nunca me chateou porque as expectativas sempre estiveram apropriadamente baixas. É um jogo equilibrado para co-op para competir com o Monster Hunter que estava ao rubro no Japão na altura, a história parece ser uma consideração posterior como cereja no topo do bolo. Ainda me consegui divertir com os níveis, para mim era mais um MGS B-Tier, mas os bosses eram absolutamente horríveis.

    O MGS4 para mim é um crime contra a humanidade, nem acho que o Snake sabe reagir de acordo com a sua personalidade perante a adversidade que tem pela frente. Olha-me para este Snake sorridente com um charuto que tanto promoveram durante o desenvolvimento, diz-me que não era este Snake que querias. O que tivemos eu nem sei descrever, parece que medicaram a personalidade dele e só reage com grunhidos. Eu gostava de poder criticar melhor o jogo, mas eu fiquei tão traumatizado com a experiência que só o joguei uma vez, e já foi há bastante tempo. E regra geral não gosto nada quando sinto que estou a ser bajulado com fanservice, por isso para mim os momentos com o Shadow Moses, REX e Big Boss, etc, foram completamente desprovidos de algum valor porque não era nada mais que iscos de nostalgia, e o Kojima não tinha mais nada para oferecer senão reiterar aquilo que já tinha sido feito. "Lembram-se deste momento clássico? haha": O Jogo.

    Já o MGSV por mais que o odeie pelo menos tentou fazer "algo" diferente e não só recalcar momentos antigos. Ambição não lhe faltou mas é uma apenas uma coleção de elementos sem grande direção. E as minhas expectativas também não estavam assim tão altas, mesmo que os trailers continuassem a ser de alta qualidade, já tinha em mente que o Kojima estava a fazer dos seus velhos truques.

     /#/ 1220

    1566640093128.png  (647,71 KB, 1024x576) ImgOps

    >>1219
    Não vou defender o MGS4 por muito que eu ache que é superior ao MGSV. Admito livremente que grande parte da experiência estava dependente do quão predisposto tu estarias a morder o nostalgiaisco e que eu mordi esse anzol com tanta gana que pensarias que eu passei a Quaresma inteira a pão e água. Mesmo assim, eu sei que não é um bom jogo e que a história é totalmente embaraçosa. O jogo apenas tem fãserviço de topo e alguns metas com piada. Já o MGSV, não só tem uma história igualmente (mais?) embaraçosa como ainda é uma experiência totalmente descarnada do meta que costuma ser o condimento apetitoso destes jogos. Tem uma jogabilidade superior? Sim. É um bom jogo? Não. É melhor do que o MGS4? Epá, depende do freguês.

    Eu não digo que o MGS4 teve uma história que fez algum sentido, mas raios partam, ao menos teve uma minimamente "coesa". E entre o 4 e o V, só um destes podes chamar um produto acabado. Para mim o V é simplesmente insultuoso, independentemente se a culpa do absoluto estado daquela merda ser da Konami ou do Kojima. Se me obrigassem a voltar a jogar um dos dois novamente, eu sei bem qual é o que escolhia sem reservas.

    >O Jogo.

    Epá, foda-se.

     /#/ 1221

    1566641652606.jpg  (204,5 KB, 1247x904) ImgOps

    >>1220
    Vou comprar o MGS4 à CEX pela quantidade exorbitante de DOIS M'euros e MEIO, vou tentar jogar ainda hoje para refrescar a mente deste aborto. Depois vou voltar aqui com a mente fresca do jogo e fazer dab na tua posta.

     /#/ 1222

    >>1211
    Eu falei 4th wall mais no sentido da parte do arsenal gear até ao fim do jogo

     /#/ 1223

    1566645159736.png  (257,72 KB, 759x530) ImgOps

    >>1221
    Se for pelo DAB, então tem minimamente a decência de chegar primeiro a Sombra Moisés antes de te sentires legitimado a dizer merda.

     /#/ 1224

    >>1223
    Comprei o jogo, até me surpreendeu e estava a divertir-me a aliar-me aos mudslimes e a destruir os outros PMCs. Mas agora começou a encravar e a ter erros de leitura do disco. Vou ter de ir devolver esta porra e ver se ma substituem por outro. É por estas e por outras que gamers são a minoria mais oprimida. E ainda por cima acho que estou a começar a sentir pré-sintomas de febre

     /#/ 1225

    1566679939769.jpg  (93,94 KB, 1333x767) ImgOps

    >>1224
    Coragem, gaymer.
    E melhoras.

     /#/ 1236

    1566835520669.mp4  (4,05 MB, 640x360) ImgOps

    Unreal Engine.

     /#/ 1237

    >>1236
    Fonte e molho?

     /#/ 1238


     /#/ 1263

    >>1220
    Voltei a jogar. Só queria reiterar que MGS4 é sem dúvida merda. Não há nada na narrativa que se aproveite, só uns pequenos aspectos, mas não acho que nem vale a pena pegar por aí. No entanto há muitas coisas que implementam muito bem na jogabilidade inicialmente.

    O Primeiro Acto embora seja um cenário visualmente aborrecido, mais um médio oriente castanho em guerra, está muito bem estruturado do ponto de vista de construção de cenários para realçar o aspecto de furtividade. Os cenários estão muito bem construídos e equilibrados para infiltração e como começamos sem arsenal não podemos depender de um enorme cambada de armas para nos safar. É clássica jogabilidade limitada construída ao milímetro em que cada elemento do cenário está meticulosamente colocado. Para não falar que o aspecto de sermos um elemento neutro entre duas facções e dar-nos a possibilidade de suportar uma das duas facções para causar caos e ajudar a atravessar o cenário é algo refrescante.

    Já no segundo acto na amérida do sul isto começa a perder-se. Já começamos a ter acesso a um enorme arsenal de armas e abre-se a possibilidade de simplesmente começar a jogar à Rambo sem grandes consequências, quando no Acto 1 seria muito difícil começares a matar toda a gente sem desperdiçar a maior parte dos teus recursos, seja balas ou rações. Para não falar que a introdução do Drebin e poderes simplesmente comprar as balas que quiseres sem grande custo associado simplesmente partiu o jogo completamente. Não há grandes consequências para começares a armar-te em Rambo, e de várias formas o jogo até te encoraja a fazer, não só pelo facto do novo moveset do jogo ser mais versátil e focado em ação que os jogos anteriores, mas também pelo facto das guerrilhas agora estão completamente em campos abertos de guerra. Os cenários abriram-se e tornaram-se campos abertos, já não há level design meticuloso com corredores e esquinas e objectos, multiplos caminhos, etc, simplesmente vez os inimigos à distancia e das-lhes um tiro na testa se quiseres ou andas lentamente na erva. Mas no meio disto tudo acho que ainda é razoável.

    Mas acho que acaba aqui o level design positivo. Chega o primeiro boss da Beauty & The Beast Unit e acho que nenhum desses bosses é minimamente interessante conceptualmente ou ao nível da batalha, salvo talvez a Crying Wolf que é uma excepção. O Acto 3 na Europa de Leste até podia ser um cenário interessante, gostei de andar a seguir aquele gajo mas eles arrastam isso tempo demais, eu nem quero imaginar quão frustrante será jogar isso outra vez sabendo onde és suposto ir mas mesmo assim tens de ficar à espera do pascácio. Melhor ainda, quando estava a jogar, quase a chegar ao fim o gajo lembra-se de atravessar a rua e é atropelado por um carro, boa. Depois é um segmento on-rails shooter que acho que ninguém alguma vez apreciou mas os devs continuam a insistir, seguido talvez do pior boss do jogo. Ou seja, um acto inteiro para a lixeira.

     /#/ 1264

    >>1263

    O quarto acto que tanto gostastes, tenho de te lamentar que a minha opinião não mudou muito. Não há nada ali para espremer a não ser aquele anzol da nostalgia, que se calhar eu apreciaria noutro contexto, mas quando um jogo está chafurdado desses momentos e as coisas novas que introduz falham redondamente, o impacto perde-se e torna-se demais a meu ver. É preciso contraste para estas coisas funcionarem. No entanto como já estou mais emocionalmente desligado do facto de odiar o jogo e a decepção com a narrativa, já consegui apreciar mais o simples facto de poder navegar um Shadow Moses decrépito. É um cenário sem dúvida bonito e consegui sentir um pedaço da nostalgia, mas acho que não foi criado um contexto necessário para aquilo funcionar. Para não falar que do ponto de vista de level design não introduziram nada de interessante. Aquelas bolinhas pretas, os Dwarf Gekko (que conceptualmente é das "personagens" novas que mais gostei do jogo) não introduzem nada de interessante na jogabilidade nem no level design dos cenários. Simplesmente espalham-las por lá à toa parece. A Batalha com o MG Ray e Rex acho que qualquer fã gostaria de ver, mas mais uma vez acho que dentro do contexto simplesmente não funciona. Tudo aquilo é fanservicey demais para mim e simplesmente parece-me que o Kojima não sabia o que fazer com a história e puxou duma forma fácil de tentar agradar os fãs.

     /#/ 1265

    1567434026571.png  (1,15 MB, 821x789) ImgOps

    >>1264
    Com isto já nem tenho pachorra para descrever o resto, acho que o Acto 5 também não oferece nada de interessante. Eu gostei da batalha com o Ocelot mas mais uma vez o contexto em que se insere prejudica fortemente o que podia ser um arco lindíssimo para Ocelot. O Kojima claramente fez aquele erro clássico de "write himself into a corner" no MGS2 com talvez o elemento mais ridículo da série toda que é o braço do Liquid no Ocelot, e não conseguiu desemaranhar-se desse erro, com a justificação de que o Ocelot está a fingir ser retardado. Como consequência ele destruiu a personagem, e sem esse elemento, se fosse simplesmente o Ocelot "normal" sem essa bagagem narrativa, seria um lindíssimo momento. Eu até estou convencido que se simplesmente fizesse de conta que essa história do braço nunca aconteceu seria uma melhor opção, tendo em conta a ambiguidade do que era ou não real nos acontecimentos do MGS2. Até podia sacar da sua desculpa clássica "mano livrei-me do liquid com nanomachines" e acabava aí esse arco ridículo. Mas mesmo com isso tudo, com a exaustão da batalha e a confusão de andar a apanhar 40 socos na tola, o Ocelot começa a acordar e começa a ficar si mesmo, mas no meio dessa confusão e delírio eu acho que o Ocelot começa a alucinar e acha que está a combater contra o Big Boss, o que me deixou um pedaço emocional, juntamente com as suas últimas palavras. Mas como tudo, contexto estraga um pedaço.
    Idem para a cena com o Big Boss que acho que não devia de existir mas está bem feita dentro dos seus parâmetros. Mas volto sempre à crítica que mesmo que uma cena particular esteja bem "feita", o contexto e a escrita que envolve esse cena, não justifica de maneira alguma a sua existência. É mais um daqueles momentos que o Kojima não sabia o que fazer e vai ao passado buscar um elemento que todos gostamos, mas comete suicídio literário ao ressuscitar uma personagem. Absolutamente imperdoável a meu ver, quando isso se abre numa narrativa de repente tornas-te na Marvel ou DC, e os stakes no universo estão completamente destruídos, a partir daí mais nada interessa porque tudo é possível.

    Eu sei que não estavas a defender o MGS4 como um bom jogo, mas continuo a achar que é pior que o V embora agora até tivesse conseguido encontrar alguns aspectos positivos que me passaram ao lado dantes. Principalmente no primeiro acto. Não vou rejogar já o V para confirmar as minhas suspeitas porque ainda não passou tempo suficiente e ainda estou profundamente chateado com o jogo. E se os rumores do /v/ forem verdade (duvido) há um bom rumor/leak que diz que Fukushima voltou à Konami e vão relançar o jogo MGS5 (em vez de V) com a maior parte da história reescrita por ele. É um excelente headcanon, gostava que fosse verdade, mas é apenas um rumor sem fundamento. O fio que explica isso é deveras interessante embora pareça-me treta.

    Com tudo isto,
    dab

     /#/ 1266

    Vai ser um bom jogo,espero que a narrativa não seja muito "preachy".
    Todos os jogos do kojima têm muita narrativa super expositoria que algumas pessoas não gostam.Este acho que vai o que vai ter mais visto que os outros jogos eram jogos de espionagem que por acaso tinham uma meta subentendida/escondida enquanto neste jogo a meta vai ser grande parte do jogo.

     /#/ 1267

    1567452001347.jpg  (185,47 KB, 1400x1000) ImgOps

    >>1263
    >>1264
    >>1265
    Eu percebo e não acho que tenhas sido injusto com o jogo. E concordo com tudo o que tu disseste, de mecanicamente a melhor parte ser o primeiro acto e de a melhor boss ser talvez a Crying Wolf. O segmento na Europa de Leste a mim custou-me bastante, não só pela forma como termina como ainda com aquela revelação da Eva numa igreja a comer uma maçã (DID U RIKE IT??). Acho que a única grande diferença é que quando o jogo chegou a Sombra Moisés eu mordi mesmo o nostalgiaisco todo. Reconheço livremente que isto não salva o jogo mas o Kojima conseguiu mexer comigo com aquilo. Claro que o segmento termina com o Arsenal Gear com o Monte Rushmore estampado na proa e antes disso tiveste ainda aquela luta ridícula do Vamp e do Raiden e uma série de outras coisas infelizes. Não é um bom jogo, apenas tem certos elementos de não-sei-quê que fazem do 4 mais MGS do que o V, o primeiro acto em particular.

    >E se os rumores do /v/ forem verdade (duvido) há um bom rumor/leak que diz que Fukushima voltou à Konami e vão relançar o jogo MGS5 (em vez de V) com a maior parte da história reescrita por ele. É um excelente headcanon, gostava que fosse verdade, mas é apenas um rumor sem fundamento. O fio que explica isso é deveras interessante embora pareça-me treta.

    Isto soa-me tão a treta, mas tão mesmo. Tens um linco para esse fio? Já sei que deve ser mais lixo do /v/ mas quero ver que provas é que eles têm. Não faz sentido nenhum a Konami investir mais recursos a criar mais cenários para o MGS e completá-lo. E a história é só metade do problema, a outra parte é que um mini open world é mecanicamente incompatível com aquilo que se espera de um MGS e eu não estou a vê-los recriar o jogo de raiz quando já o Metal Gear Survive foi um asset flip do V. O /v/ que continue a sonhar, era bom que a Konami se responsabilizasse pelo MGSV mas isso nunca vai acontecer especialmente não ao reintroduzirem o Fukushima na produção quando ele só é conhecido por certos nichos minúsculos e mais ninguém.

     /#/ 1268

    1567453854699.mp4  (338,82 KB, 320x426) ImgOps

    >>1267
    >Tens um linco para esse fio?
    Fio: https://arch.b4k.co/v/thread/472851072/
    Uma síntese do fio nos neofags: https://www.neogaf.com/threads/rumor-metal-gear-solid-5-demon-edition-leaked.1496704/
    Os rumores são conhecidos como "MGS5 Demon Edition" se quiseres guguelar.

    >quero ver que provas

    (Risos)
    É inteiramente treta, não há provas. É simplesmente uma fanfiction engraçada, apoiava inteiramente se algo como isto fosse tentado. Acho que nada é referido sobre o Open World, a minha preferência é que voltassem ao sistema linear em que cada beat do design dos níveis e da história é meticulosamente controlado. Não dá para manipular as emoções dos jogadores da forma como o Kojima fazia num formato assim tão aberto, e o que é pior é que nem a gameplay de sneaking funciona em open world.
    Eu acho que a única razão porque me agarrei a estes """leaks""" é que ainda estou desesperadamente à espera de closure para esta série. Se isto tivesse acabado no 2 ou 3 acho que ninguém iria sentir que a história foi mal encerrada. O verdadeiro Phantom Pain foi mas é a dor fantasma que deu aos fãs. Isso e especular sobre MGS sempre foi desporto olímpico, e agora acabou, por isso alguém teve de criar algo para dar de comer aos esfomeados do desporto.

     /#/ 1269

    >>1268
    >https://www.neogaf.com/threads/rumor-metal-gear-solid-5-demon-edition-leaked.1496704/
    >Ground Zeroes is fully integrated into the game, and serves as a prologue.
    >Release date is December this year.
    Sim, histórias /v/erídicas realmente.

    Isso lembra-me que eu nunca joguei o Ground Zeroes. Imagino que seja divertido.

     /#/ 1270

    >>1269
    o CQC é melhor no GZ do que no TPP

     /#/ 1271


     /#/ 1272

    1567881752497.jpg  (108,85 KB, 900x664) ImgOps


     /#/ 1273

    >>1272
    >soy division
    jej

     /#/ 1279


     /#/ 1284

    40 minutos do jogo

     /#/ 1286

    1568473546161.jpg  (13 KB, 477x534) ImgOps

    >>1284
    Ele parece genuinamente entusiasmado pelo jogo. Realmente o jogo parece melhor do que eu originalmente antevia, mas não deixa de parecer um walking simulator. E a componente online porque "nhas pontes" parece ser um elemento extremamente forçado.

     /#/ 1288

    >>1284

    Não dá para a personagem cair do penhasco e morrer? Que lame. Parece a merda do MGSV com outra roupagem.

     /#/ 1295

    1568728891522.png  (140,98 KB, 935x325) ImgOps

    homem laranja btfo

     /#/ 1296

    >>1295
    Reservei o jogo ao ver esta posta. Graças ao Kojima irêmos finalmente ter a Rainha-Presidente Hillary Clinton. Nem se atrevam a chamar-se aliados se não comprarem este jogo.

     /#/ 1299

    1568749998255.png  (531,31 KB, 590x586) ImgOps


     /#/ 1315

    1569172720943.png  (38,97 KB, 580x227) ImgOps

    Kojima é baseadíssimo
    Dando dab nos haters
    Death Stranding vai ser mais uma obra-prima de HIDEO KOJIMA

     /#/ 1316

    1569176657895.png  (64,22 KB, 209x166) ImgOps


     /#/ 1317

    1569177114632.png  (404,96 KB, 632x664) ImgOps

    >>1316
    Adquire sexo Fukushima
    Sempre ficarás na sombra do GÉNIO

     /#/ 1318

    1569177694413.png  (222,71 KB, 478x305) ImgOps


     /#/ 1322

    Este é o mesmo jogo publicitado pelos mesmos cagões que compraram uma PS4.
    Ainda pior, uma PS4 para jogar FIFA

     /#/ 1396

    1572286450091.png  (17,14 KB, 498x212) ImgOps

    >>1086
    Anons, onde estão vocês que me GARANTIRAM que o jogo era exclusivo da sony e já mais viria para outras plataformas?

    >kojima já ter dado há anos dicas que o jogo seria multiplataforma


    >NÃO CARALHO, NÃO.. ÉS ESTUPIDO E INGÉNUO? O JOGO É PAGO PELA SONY, JÁ MAIS VIRÁ PARA PC.. ELE DISSE ISSO ANTES DE SER "COMPRADO" PELA SONY. BURRO

     /#/ 1397

    >>1396

    Cala-te e joga, pá.

     /#/ 1398

    >>1397
    AIII AONONE ÉS TÃO BURRO E INGÉNUO, O JOGO É LITERALMENTE PROPRIEDADE PRIVADA DA SONY. NUNCA NUM FUTURO PRÓXIMO SERÁ MULTIPLATAFORMA
    TU NÃO PERCEBES QUE NÓS TRABALHAMOS PARA A KOJIPRO E SABEMOS MELHOR QUE TU?

     /#/ 1401

    Preparados para kino?

     /#/ 1402


     /#/ 1404

    1572597041606.png  (197,06 KB, 908x318) ImgOps

    OH NO NO NO

     /#/ 1405

    1572597271151.png  (2,34 MB, 1137x713) ImgOps


     /#/ 1406

    1572597786333.png  (5,1 KB, 314x148) ImgOps

    este é clickbait, mas rin-me

     /#/ 1407

    No Easy Allies (site que uso para críticas) deram-lhe 8. Para mim, que nem PS4 tenho, parece-me mais um refresh de coisas que já estavam presentes no último Metal Gear que outra coisa.

     /#/ 1408

    1572619717922.png  (15,11 KB, 546x231) ImgOps

    o absoluto homem louco

     /#/ 1409

    >>1408
    baseado

     /#/ 1412

    Bom vídeo a falar das inovações e do motor de jogo.

     /#/ 1413

    1572698254036.jpeg  (306,77 KB, 1081x2048) ImgOps


     /#/ 1415

    >>1413
    A criatura está quase a vir-se.

    Por isso é hoje em dia é impossível confiar na critica "profissional".

     /#/ 1416

    >>1413
    Baseado se verdade.

     /#/ 1419


     /#/ 1420

    >>1419

    Kojima é um génio. Ele revelou que o seu próximo jogo vai ser um remake do Tetris.

     /#/ 1421

    Quanto é que terá sido o orçamento para fazer o jogo? Não encontrei essa informação. Ele disse há tempos que teve dificuldade em alugar o espaço para a equipa e tudo; bancos não lhe emprestavam dinheiro. Não deve ter tido rios de dinheiro.

     /#/ 1426

    1572908868162.jpg  (437,72 KB, 3269x1882) ImgOps

    >imaginem ter que esperar até 2020 para jogar o jogo do século
    É que eu nem...

     /#/ 1427

    1572912333710.jpg  (406,06 KB, 1920x1080) ImgOps

    hype

     /#/ 1428

    >>1427

    Gajo tem de ser indiano ou zuka

     /#/ 1431

    1573161903166.webm  (402,57 KB, 640x360) ImgOps

    Maninhos...
    I-I-I'M GONNA STRAAAAANDDDDD

     /#/ 1432

    >>1427
    realmente este jogo está a treinar uma geração para os seus futuros empregos

     /#/ 1433

    1573224760385.png  (63,49 KB, 640x306) ImgOps

    > Kojima o que se passa rapagão? Kojima?! KOJIMAAAAAA~A~!!!

     /#/ 1434


     /#/ 1435

    >>1434
    Isso é fake, o jogo não vai sair para PC.

     /#/ 1436

    >>1435
    Vai sim, em 2020.

     /#/ 1437

    >>1433
    aaahh sim, as user reviews da metacritic, aquele poço de objetividade onde apenas os donos do jogo podem dar nota ao jogo e onde não há fanboyismos a invadir as reviews dos jogos porque "muh exclusivo"

     /#/ 1438

    >>1436
    >Ele acredita mesmo nisso
    És tão ingénuo anon

     /#/ 1439


     /#/ 1440

    >>1439
    >BSoD Gaming
    into the trash it goes

     /#/ 1441

    >>1440
    Qual é o problema com o BSoD Gaming?

     /#/ 1442

    Que confusão do caralho.

     /#/ 1533

    1576923403138.jpg  (62,01 KB, 454x600) ImgOps

    DadosDados 42, 43 = 85

    Meu Deus...

     /#/ 1610

    >>556
    >>1438
    >>1435
    >>1426
    >>1433
    >>1437
    Este fio envelheceu que nem vinho

     /#/ 1660

    1583577449679.jpg  (1,33 MB, 3000x4000) ImgOps

    >>1533
    A luz extinguida...

     /#/ 1661

    1583578683421.jpg  (22,07 KB, 600x450) ImgOps

    >>1660
    r i n s o s e t e r n o s

     /#/ 1663

    >>1660
    ...la creatividad...

     /#/ 1664

    1583787652975.mp4  (4,31 MB, 1280x720) ImgOps




    Voltar[Resposta rápida]
    Apagar Comentário [ ]
    tudo b br int a c des fit pol t v meta