tudo b n int meta a c des fit pol t v ao br

/pol/ - Política

Nome
Opção
Comentário
Ficheiro
Embutir
  • Lê as Regras e o FAQ antes de participar.
  • Voltar  Arquivo 

    1573156212170.png  (115,82 KB, 331x350) ImgOps

     /#/ 5086

    Como é que Espanha nunca conseguiu conquistar Portugal de forma definitiva? Era assim tão difícil?
    Se fosse hoje em dia será que conseguiriam?

     /#/ 5087

    1573156369780.png  (Spoiler, 392,9 KB, 618x420) ImgOps

    porque pica relatada

     /#/ 5088

    Porque nós sabiamos lidar com exércitos 50x maiores.

    Depois passou a ser complicado com a 3a dinastia, mas os amigos camones estavam la para ajudar

     /#/ 5089

    >>5086
    Hoje conseguiam a cagar, o nosso exercito é uma anedota e a mentalidade corrente é: safa prefiro render-me já a ter chatices.

    >>5088
    Essa é das maiores memes que existem, os camones só fizeram um esforço no tempo do Napoleão e era porque estavam de cu apertado.
    Basta ver a contribuição que deram na guerra do mestre de Avis, 300 arqueiros e uma gaja, num exercito de milhares, até a porra dos franceses forneceram mais tropas ao castelhanos. Na restauração então nem vê-los.

    O acordo com os camones era basicamente uma proteção mafiosa, do tipo enquanto estes tipos nos atacarem vocês não nos atacam também.

     /#/ 5090

    Que é que isso interessa no fim são duas repartições das finanças criadas pelo Loyola.

     /#/ 5091

    1573157609539.png  (264,96 KB, 1280x890) ImgOps

    Acho que outra resposta é que portugal não é um dos 4 reinos que pertencia às Astúrias. É um ducado que não reconheceu as linhas de sucessão entre os reinos asturianos e se estendeu para sul pelos seus próprios meios e é mais antigo do que a
    espanha que se formou pela união dos ditos reinos.

    Orgulhosamente sós, caralho.

     /#/ 5092

    1573158178159.png  (165,1 KB, 800x555) ImgOps

    >>5091
    E lembrete que Castela também era um território relativamente pequeno que como um cancro cresceu ao ponto de tomar conta da Península quase toda.

     /#/ 5094

    >>5089
    >e a mentalidade corrente é: safa prefiro render-me já a ter chatices
    Já no tempo da invasão napoleónica os quarteis nem tinham armas ou cavalos porque os oficiais eram tão corruptos que vendiam literalmente os equipamentos.

     /#/ 5095

    >>5089
    Se bem me recordo, os ingleses nem sequer se queriam envolver na invasão Napoleónica de Portugal - deram-nos algum equipamento para tentar aguentar as tropas francesas mas a sua presença em território português só surgiu quando os portugueses começaram a tomar de assalto das zonas controladas pelos franceses e os britânicos perceberam que a frente rebelde tinha forte probabilidade de expulsar daqui dos franceses caso se alastrasse (devido à logística envolvida na distribuição de recursos do exercito francês). Os camones sempre foram uns merdas oportunistas.

     /#/ 5104

    >>5095
    Infelizmente não, as tropas mal treinadas e equipadas portuguesas foram cilindradas pelas forças napoleónicas, só resistiram nos fortes.
    Os Ingleses com medo de ficarem totalmente cercados investiram a serio e com grandes exércitos na guerra peninsular, foi aqui que o Wellington fez o nome, em Waterloo basicamente estava a perder se não fossem os prussianos a voltar para trás e a dividir as forças napoleónicas.

    Mas o ponto é esse, o acordo com os ingleses é basicamente uma esquema de proteção mafioso.

     /#/ 5105

    1573212416284.jpg  (495,66 KB, 1500x994) ImgOps

    >>5104
    Um desses fortes, o forte da Graça.
    Quem se interessa por historia é sitio a visitar, absolutamente magnifico.

     /#/ 5118

    >>5104
    acho que estão a ignorar o desastre que foi para nós a guerra das laranjas.
    80 000 homens em 2 semanas.

    Lição: não confiar em espanhóis em situações de stress. Eles não sabem lidar com stress.



    Voltar[Resposta rápida]
    Apagar Comentário [ ]
    tudo b n int meta a c des fit pol t v ao br