tudo b br int a c d des fit pol t v w meta

/pol/ - Política

Nome
Opção
Comentário
Ficheiro
Áudio Abrir gravador
  • Lê as Regras e o FAQ antes de participar.
  • Voltar  Arquivo 

    1596015020908.mp4  (35,28 MB, 408x720) ImgOps

     /#/ 17734

    O absoluto estado.. Discutam políticas de migração europeias e o que devia mudar. Ou pelo menos, em relação ao que Portugal devia fazer com aqueles barquinhos no Allgarve.

     /#/ 17735

    porque estás tão preocupado, os portugueses não fazem filhos, com ou sem imigração vão desaparecer na mesma

     /#/ 17739

    São mesmo anjinhos esses atrasados. Levavam umas putas esses mans que nem sabiam de que terra eram

     /#/ 17740

    Na época que estamos é mesmo só florzinhas de estufa. Faggots

     /#/ 17741

    E no fim ainda os gamava, ficavam nus.

     /#/ 17743

    >>17735
    O Órban resolveu isso em meros anos

     /#/ 17744

    >>17743
    taxa da fertilidade da hungria em 2019 é 1,53
    é necessária uma taxa de pelo menos 2,1 para manter a população
    não resolveu nada e tu papas propaganda

     /#/ 17745

    >>17744
    Porque é que não vais para lá dar o cu para aumentar esse rácio?

     /#/ 17746

    >>17744
    A culpa não é dele, é da UE que basicamente asifixia tudo que mexe.

     /#/ 17747

    >>17746
    Sim, todos os outros países do mundo com menos de 2,1 estão na UE.

     /#/ 17748

    >>17744
    e uma nota
    a estimativa de fertilidade para 2020 é 1,47, ou seja, vai cair com o órban

     /#/ 17749

    1596027475459-0.png  (1,33 MB, 620x815) ImgOps

    1596027475459-1.png  (894,87 KB, 700x490) ImgOps

    >>17744
    >>17748
    A queda da taxa de fertilidade na Europa está fora do controlo dos políticos. Há muita propaganda por gente mais poderosa que eles a manipular as pessoas (principalmente os nativos) para que não tenham filhos. O Orban nada pode fazer.

     /#/ 17750

    >>17747
    AInda não percebeste que as politicas económicas é que são o problema desses valores baixos? Em vez de estabilizar as coisas o melhor é importar. Para o BCE o melhor seria uma migração em massa dos Europeus e ficarem com aquelas que são pagos com umas sandes de presunto e um sumol

     /#/ 17751

    >>17750
    Tudo para manter o status quo actual. Esse é um dos principais motivos que o Reino Unido mandou foder a UE.

     /#/ 17753

    >>17749
    a taxa de fertilidade em vários países de 3ro mundo também cai com o desenvolvimento, é a mesma "gente poderosa" que os anda a manipular para não terem filhos?

     /#/ 17754

    >>17752
    Tu és mesmo burro, cai por sanções económicas, debilidades nos sistemas etc.

     /#/ 17755

    >>17753
    Deixa lá a porcaria da escola de frankfurt que te apodreceu o cérebro todo.

     /#/ 17756

    >>17754
    >>17755

    hehe claro claro todos os países asiáticos que se desenvolveram e tiveram uma redução da taxa de natalidade estão com sanções e debilidades, tal como alguns africanos que já tiveram taxas mais altas

    não sabem escrever nada de jeito, merdas mais fáceis de provar errado

     /#/ 17757

    >>17753
    Cada caso é um caso. No Japão e na Coreia do Sul por exemplo, a taxa de natalidade caiu por questões culturais e os problemas deles vão muito além das taxas de natalidade, as pessoas simplesmente não formam relações. Cá não é assim, relações continuam a haver como sempre houve. Agora filhos é que nada.
    E depois tens de reparar que a taxa de natalidade cair é uma coisa, cair aos níveis que tem caído cá, é outra. Em África por exemplo, conforme a taxa de mortalidade infantil desce, é normal que a taxa de natalidade desça também, como é óbvio.
    Mas por cá continua a cair para números inaceitáveis quando o país já mal se está a desenvolver. Isso não acontece por acaso, mas sim porque alguém assim o decretou.

    Mas olha, queres falar do desenvolvimento de países - fala-me da taxa de natalidade de Israel.

     /#/ 17758

    1596028368405.png  (11,39 KB, 683x125) ImgOps

    >>17757
    olha a taxa de fertilidade na africa subsariana toda está a cair, é aquela gente poderosa que não quer que se reproduzam
    e a taxa de nutrição a subir e mortalidade infantil a descer, e já não há aquelas guerras todas
    é quase como não soubesses nada do que falas e inventasses, mete lá a conspiraçãozinha no saco

     /#/ 17759

    >>17757
    méxico tinha uma taxa de 6 há umas décadas e agora está abaixo de 2,1
    é a conspiração da "gente poderosa" que não gosta da raça mexicana

     /#/ 17760

    >>17757
    >Mas olha, queres falar do desenvolvimento de países - fala-me da taxa de natalidade de Israel.

    A taxa de natalidade dos árabes em israel é maior que a dos judeus
    É a conspiração da "gente poderosa" para destruir os judeus.

     /#/ 17761

    >>17758
    Como se 4,6 não fosse um número melhor para eles do que 6,3. Por amor de Deus.

    >>17759
    Os dados que eu encontro (https://data.worldbank.org/indicator/SP.DYN.TFRT.IN?end=2018&locations=MX&start=1960) dizem que é 2,1
    Agora repara, o Índice de Desenvolvimento Humano do México é de 0,767. O país europeu mais próximo é a Bósnia (0,769). Seria de esperar que a taxa de natalidade de ambos fosse semelhante, certo? Só que não, a taxa de natalidade da Bósnia anda à volta de 1,3. É deveras curioso.

    >>17760
    Sim, e sabes o que é que vai acontecer aos árabes em Israel? É só veres o que aconteceu aos africanos que lá andavam (https://www.reuters.com/article/us-israel-migrants/israel-offers-to-pay-african-migrants-to-leave-threatens-jail-idUSKBN1ES0UY). Interessante como a Europa nunca fez nada semelhante, não é? Dá que pensar.

     /#/ 17763

    >>17761
    sim a gente poderosa quer destruir os bósnios, que são maioritariamente MUÇULMANOS

    és apenas ignorante, leste umas merdas no /pol/ do 4cancros e pensas que tomaste a pílula vermelha e que os judeus andam atrás de ti e não te deixam ter filhos

     /#/ 17764

    1596030200830.png  (12,62 KB, 596x196) ImgOps

    é uma conspiração! eles não deixam ninguém ter filhos! nem os vietnamitas se safam!

     /#/ 17765

    1596030264133.png  (15,32 KB, 622x251) ImgOps

    Até a Coreia do Norte! Até onde vai o alcance da "gente poderosa"!

     /#/ 17766

    >>17763
    Religião não interessa, Bósnios são europeus e têm ADN semelhante a países do sul europeu (incluindo Portugal)

    >>17764
    2,04 é perto do ideal, e já está assim desde 2000. O que é que queres provar mesmo? Que o Vietname se desenvolveu e não fodeu a taxa de natalidade, ao contrário dos europeus? Interessante. Quem me dera que Portugal estivesse assim.

    >>17765
    Mas a natalidade não caía devido ao desenvolvimento do país? Foi o que tu disseste. Queres ver que agora a Coreia do Norte é um país desenvolvido?
    Ninguém sabe bem o que lá se passa, mas eles provavelmente têm problemas culturais semelhantes à Coreia do Sul e Japão, que já foram aqui falados.

     /#/ 17767

    >>17761
    maninho os árabes são 20% de israel, isso são cerca de 2 milhões e pessoas e são cidadãos com direito a voto e essas coisas todas.

     /#/ 17768

    >>17767
    Deixa-os chegar perto de serem uma maioria e depois falamos. Israel é um etno-estado (fico surpreendido por ver alguém que suponho ser de esquerda a defender um etno-estado, já agora). Etno-estados não costumam gostar quando a sua gente escolhida começa a ser uma percentagem menor da população. Aquilo que se passa em Israel é um clima mais que propício para vires a ter um novo apartheid, ou quem sabe um genocídio. Os árabes em Israel actualmente já são vítimas graves de racismo e discriminação, como tu certamente sabes.

     /#/ 17769

    >>17767
    Nem lhe digas que existem comunistas e feministas em Israel, o cérebro dele é capaz de derreter.

     /#/ 17770

    >>17769
    O meu cérebro não derrete, não. Comunismo e feminismo nada têm a ver com o assunto. E eu sou comunista.

     /#/ 17771

    1596031173524.png  (581,21 KB, 1000x1500) ImgOps

    Vou só deixar isto aqui. Como se criam culturas, condicionam mentes etc.afk

     /#/ 17772

    >>17771
    marital status, religion.

    Depois pegamos na indústria do entertenimento, ensino, bernays e amigos e é fácil perceptível que se criam culturas com finalidades específicas.afk

     /#/ 17773

    >>17768
    faz sexo com uma mulher para produzir crianças

    ah espera...

     /#/ 17774

    Portanto, sou religioso, quero casar, ter filhos, ser bem pago e ter 7 ou 8 filhos.

     /#/ 17775

    >>17773
    Eu tenho um filho e outro a caminho, penso que já fiz a minha parte por este país em termos de natalidade. Não percebo o que é que questões pessoais têm a ver para a discussão, mas já que estás a entrar por aí ficas a saber.

     /#/ 17776

    >>17771
    Depois os millenials acham que são inteligentes mas serem bem pagos só representa uns 15% que querem atingir esse patamar. Venho ao chan e faço uma piada da Paula Rego e as suas alusões a pedófilia perguntando pelo quadro adrenochrome e respondem-me para pesquisar num site sobre arte. Posso concluir que os chans são burros e o pessoal que os frequenta tem assim sérios problemas de identidade e a fêmea mais próxima é a mão.

     /#/ 17777

    nem que Portugal fosse o país com mais fertilidade do mundo vocês seriam bem sucedidos ou acasalariam, incelos
    estão a chorar por nada

     /#/ 17778

    >>17775
    E tens capacidade para os educar? questão para 50.000 do quem quer ser milionário. lol

     /#/ 17779

    Lancei os triggers, agora vou embora. Have fun.

     /#/ 17780

    >>17778
    Estou a fazer o meu melhor. Como sabes educar filhos não é propriamente fácil.

     /#/ 17781

    >>17775
    2 não chegam, tens que ter pelo menos 7 para reverter os danos feitos e salvar a civilização ocidental

     /#/ 17782

    >>17781
    Sinceramente, nem me importava de ter mais, mas não sou propriamente rico.

     /#/ 17783

    >>17782
    então não tens o que é preciso para salvar a raça branca, mais valia estares quieto

     /#/ 17784

    >>17783
    >não conseguimos acabar com a fome em África, mais vale estarmos quietos
    >não conseguimos salvar todos os pacientes de covid, mais vale fecharmos os hospitais
    >não conseguimos reverter os efeitos do aquecimento global, mais vale esquecermos energias renováveis
    Boa lógica. E claro que a decisão pessoal de ter filhos pouco ou nada tem a ver com a taxa de natalidade do país.

     /#/ 17786

    1596032272393.jpg  (50,8 KB, 380x339) ImgOps


     /#/ 17787


     /#/ 17788

    >>17787
    Dois médicos ou engenheiros com família, certamente. Ridículo não os levarem imediatamente para o Reino Unido.

     /#/ 17790

    Macy conferences --> The Authoritarian Personlity --> Frankfurt School of Economics.

     /#/ 17792

    >discutam políticas de migração
    >poltardos começam a falar dos judeus e marxistas
    por isso é que nunca passam da cepa torta

     /#/ 17795

    Este mini-trecho não foi nomeado para os óscares

    https://mixdrop.co/f/4nn4lokduqlz8o0

     /#/ 17796

    1596046808066.png  (223,14 KB, 850x400) ImgOps

    Esta queda da taxa de natalidade é apenas mais um sinal do declínio do Ocidente. Aconteceu com Roma e agora está a acontecer connosco. Isto de usar a imigração para combater esta tendência não vai trazer boa coisa, só vai exacerbar o conflito interno nos países que adotarem esta medida.

     /#/ 17809

    1596099592405.jpg  (23,36 KB, 1024x576) ImgOps


     /#/ 17810

    1596108059341.jpg  (212,36 KB, 800x600) ImgOps

    Sem querer estar a puxar pelas dendrites e cuspir sapiência para cima dos danoninhos NF.
    Epá em lato censo, estão todos correctos, e tão pouco querendo ser um senhor pontiagudo, concordo não ironicamente com os postes cínicos.
    Alguns danones parecem esquecer-se que vivemos em plena era da informação. Em África qualquer zé pode adquirir o espertofone e um mercedes em 5ª mão; logo a "baixa" fertilidade.
    Por aqui.
    Estes comportamentos dos coonsumers e das potas com 2 ou mais câins. São formas de lidar perfeitamente aceitáveis. Antes isso a andarem metidos na heroa ou a terem filhos impulsionadas pelo histriônismo.

    A respeito das politicas migratórias. 1º, Nunca vivi na Europa, por isso não sei, mas aqui sempre foi assim desde que eu existo. Se é bom ou mau não te sei dizer porque parcialidade. Porém experimentei grande animosidade entre as raças e para além os conflitos e degradação típicos; vi também o oposto, grandes amizades entre prectos e brancos, tugas com fofinhas de leste, vivi lado a lado com pessoas do sub-continente e travei amizade com um gajo vindo para lá da grande java.

    É inegável que há mais crianças préctas e brasileiras a nascer cá, proporcionalmente. A não ser que eu esteja enganado, essas crianças têm um bom ambiente familiar, logo é indiferente que sejam diferentes de nós. Iram crescer e terão uma capacidade que uma porção significativa das pessoas em idade fértil actualmente não teve, a de se reproduzir.

    Depois já entraríamos numa questão mais meta-física ao nível das grandes filosofas contemporâneas como a Lili que contradiz a advaita vedanta afirmando que 'Estar vivo é diferente de estar morto'.
    Nós no nosso eterno espírito de descobridores vamos novamente fazer-nos colectivamente a esse cabo Bojador sem aparente retorno e tirar a limpo as duvidas.

     /#/ 17811

    >>17809
    Mas porquê? Porquê?

     /#/ 17812

    >>17811
    Já existe no ptchan, porque não no país também, António Costa rouba as ideias daqui.

     /#/ 17814

    >>17811
    Porque vem aí nova vaga de emigração e portanto temos de trazer imigrantes para manter o número de pessoas à volta dos 10 milhões e ver se ninguém dá conta.
    Mais interessante, é como é que a UE ainda não se chateou com isto. É que se nós temos fronteiras abertas com o espaço Schengen e agora vamos fazer o mesmo com a CPLP, é o mesmo que abrir as fronteiras da CPLP ao espaço Schengen, basta usarem Portugal como ponte. E nenhum dos outros países se chateia com isto?

     /#/ 17815

    >>17814
    Só acrescentar, que se eu olhar para isto de forma cínica, parece-me o início do fim das fronteiras. Já existe o espaço Schengen, agora Portugal faz o mesmo com a CPLP, depois outros seguem o exemplo e fazem o mesmo com as suas ex-colónias... é fácil perceber onde é que isto vai dar e qual é o plano a longo prazo. Enfim.

     /#/ 17821

    1596131390741.jpg  (46,02 KB, 700x394) ImgOps

    >>17796
    >Precisamos de mais imigração, as gerações futuras são a responsabilidade de cada um de nós

     /#/ 17898

    >>17744
    >naoooo a população não pode estabilizar ou diminuir em número, temos que crescer,crescer,consumir,consumir
    >temos que importar toda a áfrica para a nossa população crescer infinitamente até ao fim dos tempos
    Acorda prá vida e pensa um bocadinho antes de repetires a merda que outros te ensinaram.



    Voltar[Resposta rápida]
    Apagar Comentário [ ]
    tudo b br int a c d des fit pol t v w meta