/lop/ - Política, Sociedade, Religião

Sem relação alguma com o /pol/.


Nova Resposta
Nome
X
Sage
Mensagem*
Ficheiros Máx 2 ficheiros50MB total
Palavra-passe
[Responder]


última_esperança.jpg
[Esconder] (102.4KB, 756x684) ImgOps
Apresento-vos o último partido baseado em Portugal
Respostas: >>143 >>246
1d49f89345abd429dd05ce3f3b871678921bdbf971b03d6e307e2fc34f9fcece.jpg
[Esconder] (42.5KB, 560x560) ImgOps
>>142 (OP) 
>partido meme
Muito "baseado" de facto, risos.
Respostas: >>147
MERDALHERES
>feminismo mau
Estamos de volta a 2016?
Respostas: >>146 >>154
>>145
feminismo É mau
>>143
Quem estais a citar, Lopes?
Respostas: >>152
Mas esse é o PNR, amigo. Há anos nas listas eleitorais e nunca conseguiram nada e tiveram a única hipotese de serem eleitos roubada pelo Chega que lhes tirou qualquer espécie de eleitorado de direita que podiam ter. Se antes não conseguiram nada, depois do CH ainda menos.
Respostas: >>150
>oposição controlada é baseada
Não
Respostas: >>163
>>148
São baseados demais para este país
>>147
O OP, diz (OP) literalmente na posta
icebreaker.jpg
[Esconder] (83.9KB, 650x432) ImgOps
Movimentos como o PNR e dez anos antes o MAN falharam e não conseguiram furar porque não tinham massa crítica, o PSD e CDS ainda tinham muita força e agrupavam grande parte dos normies que agora votam no Chegger e aquilo nunca passou de uma agremiação de tolinhos lixoboetas irrelevantes, basicamente uma materialização do /pol/ na vida real.

O Chegger também é uma bosta, mas já é um partido quebra-gelo mais decente e bem organizado e a tendência é que com experiência política e formação de quadros tudo o que venha dali seja melhor, ainda que provavelmente não venha diretamente do Chegger. 

Eu já acho muito positivo que eles se assumam como "direita" em vez de andarem com cantigas de "centristas" e "democratas-cristãos" que já não enganam ninguém.
>>145
Sim eles ainda estão a ver cringe compilations no YouTube, entretanto o resto do mundo seguiu em frente, Portugal está sempre 10 anos atrasado nestas coisas.
Respostas: >>163
sub-buzz-1872-1617122363-12.jpg
[Esconder] (148.6KB, 654x1024) ImgOps
Esse tipo de propaganda já foi feito há mais de 100 anos atrás numa altura em que a sociedade era muuuuuiiiito mais conservadora e não resultou na altura, porque haveria de resultar agora?
Respostas: >>156 >>161 >>163
>>155
Boas Dr. Cucozão

O problema deste tipo de propaganda é que é direcionada a merdalheres - quando as merdalheres são na verdade irrelevantes
Se todos os homens acordassem um dia e quisessem pôr as merdalheres na cozinha, quem os parava?

Mas enfim, agora é tarde demais de qualquer das maneiras. O homem comum sofreu uma lavagem cerebral pesada. Nunca em outro período histórico foram os homens tão facilmente controlados pelas elites. Está acabado.
Respostas: >>157
>>156
Tome os comprimidos Lopes.
Respostas: >>159
>>157
Tome os comprimidos Lopes.
Originalmente, claro.
>>155
já percebemos os efeitos, temos que voltar
>>155
Mesma coisa acontecia ao contraio.
Fazer propaganda de alguma coisa a dizer que têm de apoiar porque é considerado a coisa "Progressiva", "Civilizadora" ou "Liberal" de se fazer. E a meio do seculo 19 o que menos faltava era otários a tentar responder à "questão social" e imaginarem todo o tipo de utopias que nunca se deram em nada.
Estar a dizer que na altura não resultou porque eramos mais "conservadores" é estar a tomar uma ideia muito linear da historia e lavada pela esfera anglo-saxónica.

>>154
Até os movimentos feministas nos EUA estão completamente fragmentados, aquilo já não passa mais nada que grupos de "intelectuais" nas faculdades a escrever livros e publicar papeis e inventar misticismos sobre novas maneiras de como a mulher é oprimida e passam mais tempo a andar à porrada uns com os outros.

>>149
Isto, e o Chagas também. São partidos muito mal organizados, não sabem responder ás ideias opostas, convencer o publico, ou adaptar para a melhor realidade do povinho.
Só existem para os outros partidos e a comunicação social fotografarem e "debaterem" e para sempre conseguirem afogar qualquer outra ideia que não gostam e possa ser associada a esse grupo.
Estar a responder com "mas o chagas está a ganhar popularidade" não me convence e o partido não só está mal organizado e com estratégias horríveis como as suas "vitorias" muito provavelmente vão ser de curta duração.
Respostas: >>164
>>163
O Ventouro é bem esperto e sabe que tambem tem de agradar á parte mais grunha da população para ser bem sucedido. Fosses tu para lá armado em pseudointelectoide irias acabar como o escudo identitário
Respostas: >>167 >>173
>>164
Isto, mais cómico que os esquerdalhos obcecados que estão agora no fio da punheta colectiva das sondagens são só ultrapassados pelos intelectuais maluquinhos da internet que lá vivem no Telegram a destilar ódio contra o Ventouro e a achar que vão criar uma utopia pagã pan-europeia em Porcogal.
Respostas: >>173
>>164
A parte mais grunha da população vai desaparecer e ser reposta com outra coisa não tão grunha.
>>167
>a destilar ódio contra o Ventouro e a achar que vão criar uma utopia pagã pan-europeia em Porcogal
Nunca vi tal coisa, mais provável em Portugal é teres grupos de teorias da conspiração ou de gajos a falar sobre ovnis
Respostas: >>188
>>173
Vão sempre existir grunhos seja num lado ou no outro, os esquerdolas ficam chateadinhos e obcecados porque ao invés de os repudiar, o Ventouro tenta agrada-los, soma e segue e o partido dele continua a crescer.
>"M-Mas m-mas é suposto marginalizar os grunhos! Temos de ser elitistas!"
Respostas: >>190
>>188
O triste é que os esquerdalhas em tempos já foram talvez quem mais se esforçou para chegar ao povão e andavam por aí a correr o país por caminhos de cabra com as suas iniciativas de alfabetização e de organização sindical e rural.

Hoje em dia, o esquerdalho padrão vive em bolhas urbanas de classe média, discute nas redes sociais e na faculdade e no máximo dos máximos vai ao protesto da moda abanar um cartaz e insultar os bófias porque #ACAB.
Respostas: >>191
>>190
Esse tempo dos Marxistas-Leninistas e companhia já acabou. Poucos são aqueles que até vão ler Carlos Marca hoje em dia.
>>142 (OP) 
O quāu mau é a situaçao do feminismo no Portugal? Quando comparada com a Espanha
Respostas: >>262
>>246
é um mal que se vai alastrando e quando deres conta já é tarde demais e elas já não querem voltar para a cozinha

25 respostas | 4 ficheiros
A conectar...
Ações

Ações:

Captcha:

Instruções
NotíciasRegrasFAQ