[ ] [ * ] [ b / meta ] [ a / c / des / pol / t / v / int ] [ wiki ] [ / / / / ]

/int/ - International

Nome
Opção
Comentário
Ficheiro
Embutir
This is a SFW board, range bans due to abuse will be given liberally. Tor exit nodes are blocked.
  Arquivo Voltar

File: 1555187053252.jpg (55,8 KB, 527x800)

 /#/ 347

Português é o idioma mais inútil do ocidente. Nenhum país que presta fala essa bagaça.
Preferiria mil vezes ter sido colonizado por alemães, ingleses, húngaros ou até mesmo russos, assim, pelo menos, teria como me comunicar com belas eslavas.
Also, o sotaque de portugal é pior que câncer terminal.

 /#/ 348

Concordo amigo macaco, mas o Brasil também não é melhor

 /#/ 349

>>348
Culpa sua.

 /#/ 350

Porque é que este /int/ anda cheio de brasileiros? Onde é que andam a descobrir este site?

 /#/ 351

>>350
Basicamente só temos um chan, o 55. Outros fecharam ou viraram board no 8chan e um outro foi pra deep web.

 /#/ 352

>>351
Como é que os outros fecharam todos e o 55 ainda existe?

 /#/ 353

>>352
Vou assumir que os mods não deixam os macacos postar macaquinhos

 /#/ 354

Já não bastam os zucas irl por todo lado agora é também aqui no antro.
Fdx carma é uma cena pqp passados 500 anos estou a pagar pelas fodas que o meu tetra-tetra-tetra-tetra_tetra-bisavô deu.

 /#/ 355

File: 1555192017686.jpg (9,51 KB, 228x221)

>>352
Não aguentaram a pressão. Ninguém gosta de ser babá de um monte de autistas. Ainda mais de graça e correndo o risco de ser preso.

>>354
Já estou indo embora, seu mané.
Also, você errou um hífen ali, não pense que eu não percebi!

 /#/ 360

Pelo menos não estamos na bélgica.

https://www.youtube.com/watch?v=h1T_15IDAg8

 /#/ 365

>>347
Como pode dizer que preferia ser colonizado pelos húngaros?
São literalmente mongóis e a língua é ridiculamente difícil de entender quando compara a qualquer outra ocidental, a coisa mais próxima é o finlandês, pelo menos o português é parecido com o espanhol, francês, inglês, etc…

 /#/ 366

File: 1555199978834.gif (3,21 MB, 350x196)

>>365
>hungaros
>acq nunca vais possuir a lalova

 /#/ 371

>>347
Você que é inútil, prefere que o Brasil fosse como Suriname? português é a língua mais falada do hemisfério sul.

 /#/ 372

File: 1555206107699.png (41,33 KB, 200x200)

>>354
Os portugueses de Portugal não colonizaram nada, os únicos portugueses com estirpe conquistadora saíram de Portugal.

 /#/ 373

File: 1555206487694.jpg (17,76 KB, 353x210)

>>372
Custa-me a admitir, mas adoro essa bandeira

 /#/ 374

File: 1555206758731.png (84,54 KB, 1024x905)

>>373
Não te preocupes, nós também o usamos.

 /#/ 375

>>374
Não é a mesma coisa…………

 /#/ 376

File: 1555211391575.jpg (33,45 KB, 640x640)

O único problema de Portugal foi não ter homens suficientes para manter a potência que era.

 /#/ 379

>>347
>Ser colonizado por espanhois
Zero pretos e fronteiras diferentes.
Provavelmente o brasil estaria dividido em 4 paises
>colonizado por ingleses
EUA 2.0
Maioria dos indios mortos.
zero miscigenação
Mas haveria pretos escravos.
>colonizado por hungaros
Impossivel
>colonizado por russos
Esta é uma teoria interessante.
O imperio russo em tempos teve o alaska.

 /#/ 382

File: 1555286350849.jpg (170,32 KB, 750x1334)

Rude.

 /#/ 383

>>376
O problema de Portugal foi ter imposto a Inquisição em 1539 e depois termos perdido a independência em 1580.
Essas 2 coisas mataram o espírito inovador e empreendedor do povo Português.

 /#/ 384

>>383
>a inquisição foi má
Quem diz estas coisas nunca as consegue substanciar. É aquele convencionalismo histórico que todos regurgitam e aceitam como verdade mas nunca ninguém é capaz de explicar o porquê.

Mas tens razão quanto à dinastia filipina. Não sei quanto a matar o espírito mas acho que foi claramente um freio nos nossos empreendimentos ultramarinos.

 /#/ 385

>>384
De 1540 a 1794 - em 254 anos, a inquisição matou cerca de 1.175 pessoas
Como podes calcular na altura até um gripe matava mais em 1 mês.

 /#/ 386

>>385
Era para
>>383

 /#/ 387

>>384
>>385
O problema da Inquisição foi ter morto os pensadores livres, a malta irreverente que pensava fora da caixa.
Mas pior do que isso foi ter transformado o povo Português num povo mesquinho, sempre desconfiado do vizinho (nâo vá ele fazer queixinhas à Inquisição) e avesso às novidades.
Pode-se ver bem a diferença de mentalidade entre os povos Nórdicos e os Mediterrâneos, apesar de nós já termos Urbanizações avançadas ainda eles viviam em barracas.

 /#/ 388

>>387
Tens que ler mais sobre.
Não era atrás dessas pessoas que a inquisição portuguesa ia atrás, acho que não sabes nada do assunto sem ser o que te alimentaram no secundário.
A inquisição começou en França e existiu em vários países Europeus numa forma pior que existiu em Portugal, e esses países são hoje em dia melhor que Portugal.

 /#/ 389

>>387
E tu não tinhas "urbanizações avançadas", os romanos conquistaram-te e e construíram-nas.

 /#/ 390

>>389
Os Romanos fazem parte de Portugal.
Do Portugal que mais tarde inicious as Descobertas.

Já a Inquisição também faz parte de Portugal, do Portugal provinciano, atrasado e invejoso mas incompetente.

E essa tua teoria da Inquisição ser pior nos outros países por isso tásse bem em Portugal, sem comentários.

 /#/ 391

>>390
Não sabes nada de história, continua a repetir baboseiras.

Segundo a tua teoria todos os outros países em que a inquisição existiu tinham que ser atrasados como Portugal, coisa que não se verifica e portanto a tua teoria está 100% errada.

 /#/ 392

>>390
E caso não fosses burro já devias ter percebido com o meu post em >>385 que Portugal teve a sua época dourada precisamente durante… a inquisição… 1540 a 1794… foi nest período que Portugal alcançou a sua maior extensão e riqueza.
cumps puto, vai estudar.

 /#/ 393

>>387
Não te quero insultar com isto, mas tu não sabes do que falas. Não bastavam "queixinhas" como dizes e haviam esforços extraordinários em converter e reabilitar os perseguidos. O problema é que a Coroa tinha o dever de proteger a Cristandade mas simultaneamente queria estar de bem com gente que professava uma fé diversa da nossa. E por muito que seja fácil apontar este ou aquele excesso de zelo pontual pois a ignorância e teimosia das gentes eram naquela altura grandes, acho ainda assim uma ignorância maior esta (in)compreensão moderna dos factos históricos.

Mais: o outro anão já te disse e bem que a urbanização foi um resultado da romanização e não um acontecimento espontâneo no nosso canto da península. Mas convém também referir que se Portugal nunca foi completamente conquistado pelos Franceses foi apenas porque os avecs não sabiam marchar as tropas num país sem estradas.

>>390
A Inquisição só foi pior lá fora porque tiveram que lidar com heresias bem mais insidiosas e que levaram a um fratricídio tremendo dentro da Cristandade. Foram de pouca dura em relação à nossa, mas significativamente mais intensas. E mesmo assim é muito fácil argumentar que foram um capítulo histórico necessário, a menos que subscrevas cegamente aos revisionismos históricos modernos.

 /#/ 394

>>390
>Os Romanos fazem parte de Portugal.

kek tu não és romano mano, os romanos tiveram que vir cá matar metade dos teus antepassados e obrigar a outra metade a fazer as coisas como deve ser

 /#/ 402

>>391
>Segundo a tua teoria todos os outros países em que a inquisição existiu tinham que ser atrasados como Portugal, coisa que não se verifica e portanto a tua teoria está 100% errada.

A Espanha e a Itália, onde a Inquisição mais se fez sentir, são atrasados como nós.
A Espanha não contribuiu em nada para o progresso da Humanidade nos últimos 3 séculos.
A Itália contribuiu mais, mas apenas porque o norte da Itália está mais exposto à influência germanica. E para quem iniciou a Renascença deveria ter contribuido mais nos últimos séculos.
Mas lá está, a igreija Católica não quer progresso.


>>392
>Portugal teve a sua época dourada precisamente durante… a inquisição… 1540 a 1794… foi nest período que Portugal alcançou a sua maior extensão e riqueza.

Os efeitos duma caça às bruxas têm efeitos imediatos e efeitos que se sentem muitos anos depois.
Só para exemplo, Portugal pré-Inquisição gerou a melhor escola náutica do mundo contemporraneo, o que Portugal pós-Inquisição contribuiu para o desenvolvimento da Humanidade?

Para além disso, extensão de território não é a única medida de avaliação duma grande nação. Se fosse assim o Japão seria insignificante e a China seria a primeira potência mundial há vários séculos.


>>393
>Mais: o outro anão já te disse e bem que a urbanização foi um resultado da romanização e não um acontecimento espontâneo no nosso canto da península.

Mas nós, Portugueses tinhamos essa urbanização e tinhamos o sistema juridico e social romanos, que os nórdicos não tinham, pois os romanos nunca lá chegaram.
E nós aproveitamos essas vantagens para sermos um dos países mais avançados da Europa da altura, que se traduziu nas Descobertas.
E perdemos essa vantagem com a vinda opressora da Inquisiçao.


>Mas convém também referir que se Portugal nunca foi completamente conquistado pelos Franceses foi apenas porque os avecs não sabiam marchar as tropas num país sem estradas.


As invasões Francesas foram já no século 19. Por isso só me dás razão. Um Portugal miserável, já longe da potência que fomos. Um Portugal profundamente católico.


>um capítulo histórico necessário, a menos que subscrevas cegamente aos revisionismos históricos modernos.


Revisionismos? Revisionismo estás tu a fazer ao ignorar o efeito devastador da Inquisição.
Portugal não teve um Giordano Bruno ou um Galileo Galilei porque a maioria dos nossos intelectuais fugiu de Portugal.

E já agora, queres saber onde existe atualmente uma Inquisição? Nos EUA, chama-se Twitter e Facebook, e pessoas já começaram a retrair-se, as ideias já não se discutem, guerreiam-se.
O efeito? Não se vê imediatamente, mas não vai ser bonito.
E príncipio é o mesmo. O medo de levantar a cabeça. O politicamnete correcto equivalente ao concordar com tudo que a igreija dizia.

 /#/ 403

>>394
>kek tu não és romano mano, os romanos tiveram que vir cá matar metade dos teus antepassados e obrigar a outra metade a fazer as coisas como deve ser

Os meus antepassados?
Não são também os teus? Vieste de Africa?

Mais, dizer que os Romanos não fazem parte de Portugal é o mesmo que dizer que nós não fazemos parte do Brasil.
Para o bem e para o mal, os Romanos são um dos pilares da cultura Portuguesa e fazem parte do que nos faz ser Portugueses.

 /#/ 404

>>402
Ter uma instituição no teu país que mata 4.5 pessoas por ano não tem um impacto minimamente relevante na história a longo prazo do teu país.
O terramoto de 1755 teve mais impacto que qualquer inquisição, aí sim foram destruídos bastantes documentos científicos e culturais.

Eu sei que queres culpar a religião ou algo parecido, mas fanatismo religioso sempre existiu mesmo em países que fizeram grandes avanços científicos.

Os próprios romanos matavam e perseguiam a torto e a direito quem se opunha aos seus deuses.

 /#/ 406

>>404
Em quê é que Portugal se distinguiu entre 1640 e 1755?
Porquê é que Portugal não acompanhou a França e a Inglaterra nos descobrimentos cientificos e filosóficos que estes países fizeram?

Ah e tal outros países também não fizeram nada.
Mas nós já levávamos embalagem.
E países como a Rússia ou a Suécia, não passavam de agricultores e pescadores.

O que é que em Portugal aconteceu para nos atrasarmos?
A Inquisição e os Felipes.

 /#/ 407

>>406
Burro.
Aconteceram coisas bem piores em França e Inglaterra que a "Inquisição e os Felipes".
E meteres a Suécia e a Rússia no mesmo pacote?
Não sabes a história de nada.

 /#/ 408

>>407
>Burro

É assim que discutes opiniões?
Está bem, depreendo que não passas dum trolezito e passo a ignorar-te.

 /#/ 409

>>408
Mas és burro e tens um conhecimento histórico de 10º ano. Que posso mais dizer?

 /#/ 410

>>406
O que prejudicou demais Portugal foi a invasão dos islamitas, 700 perdidos que ainda até hoje reverbera o estrago ocorrido. Miscigenaçaõ com sub raças malfadas só gera efeitos danosos e deleterios, além de disgenias e distopias.

 /#/ 411

>>410
*malfadadas

 /#/ 412

>>410
>O que prejudicou demais Portugal foi a invasão dos islamitas

Não posso concordar com isso porque embora reconheça que odeie religiosos, principalmente os Mulçumanos, a verdade é que Portugal nasce a partir da conquista de território aos mulçumanos e só depois se torna numa potência maritima.
Ou seja, a influência do Islão ou não foi suficientemente negativa ou de repente até foi positiva.

 /#/ 413

Segundo a lógica do génio deste fio muh inquisição muh felipes, com a guerra e perseguição dos 30 anos entre católicos e protestantes na europa central onde morreram 3-8 milhões de pessoas todos estes países deviam ser o equivalente a África hoje em dia.

 /#/ 414

>>412
Isto.
Quem saiba o minimo de historia, sabe que no sec.X e XI o Al-Andaluz era O centro do sincretismo a nível ideológico.

 /#/ 415

>>412
Portugal nasceu por inspiração divina à Dom Alfonso Henriques, mouros que se lasquem e nada contribuíram positivamente a isso e nunca edificaram nada além tempo que servisse e prestasse sustentavelmente aos brancos euro-monotílicos-familiares. Portugal hoje é a África da europa justamente por essa mentalidade tacanha e limitada típica do mouroguês acastanhado mestiço sem identidade racial e qualidade genotípica, só um reles miscigenado com merdas disgênicas e sem valor, daí a distopia atual. E com um acréscimo mais terrível ainda nos tempos vigentes, de que depois que não teve competência sequer pra manter a próprias colonias, cujas últimas se foram os anéis a 1975, a negrada em grande parte emigrou pesando pra terras lusitanas metropolotina favelizando-a, para foder de vez esmerdalhando com tudo aí.

Tu passas vergonha com vossa ignorância e limite cinzentado.

 /#/ 416

>>415
>Deixe-me contar-lhe à cerca dji seu pais vei

 /#/ 417

>>414
Informação inútil e inerte.

Etrusos, atlandes, visigodos, godos, celtas, francos, até vikings, romanos, e todos antes que estiveram por bem mais séculos anteriores fazendo o que de bom e de valor em Portugal havia e ainda possa haver de reminescência e ser Português, sim, somente esses brancos de verdade é que merecem ser bem lembrados e reverenciados.

Moor e berberes e símio-descendentes quero mais é que morram queimados/ardidos em uma nova cruzada santa renascedoura dos velhos motes do que realmente é e significa ser europeu e luso de verdade!

Infelizmente o catolicismo primordial morreu e o europeu virou um cucko sojado beta infra-homem manginão.

 /#/ 418

Eu não percebo a lógica desta gente. Culpam o Catolicismo por aquilo que sempre foi a deslocação do comércio para o centro da Europa e nada mais. O que é que o Catolicismo tem que ver com isto? Francamente eu não sei. Mas os entendidos em propaganda do ensino básico estão todos muito convencidos que sim.

Os Filipes efectivamente empobreceram a nação e três gerações deles realmente provocaram dado. E aliado a isto um Papado que era parcial à causa Espanhola decidiu o resultado. Fora isso, o centro comercial Europeu deslocou-se para a Flandres onde paulatinamente ganharam mais e mais relevância. A Companhia das Índias foi se calhar a primeira multinacional do mundo e Portugal regra geral não estava visado nesse empreendimento.

Mas claro, em vez de analisar os factos de um ponto de vista económico, é seguramente mais fácil e também mais prontamente aceite culpar o Sr. Padre cujas preocupações maiores eram manter a casa em ordem ou apanhar boleia de um navio para pregar (e muitas vezes morrer ao fazê-lo) a castanhos, pretos e amarelos. Folia? Talvez. Mas quem é que precisa de lógica quando podemos cantar as cantigas do ensino básico que a Sôtora Mónica tão bem ensinou. Afinal ela tinha 34 anos à data do meu 7º ano e era a mãe orgulhosa de quatro gatos. Ela sabe muito destas coisinhas. Oh, o que eu não dava para queimar umas igrejas com o Vargo e professar fé em deuses paneleiros sem escritos ou tradições conhecidas!

 /#/ 422

>>418
Eu tenho defendido a ideia que a Inquisição e os Felipes foram a morte do Portugal nação de topo.
Mas na realidade considero ter havido mais um acontecimento devastador para Portugal.

Aquilo que dizes sobre a economia é bem verdade. Portugal geriu muito mal as suas finanças e apenas as riquezas das nossas colónias conseguiram esconder isso durante uns tempos.

Quem é que é eximio gestor de economia?
Quem é que foi expulso de Portugal em 1497?
Quem é que tornou a Holanda uma potência mundial?
Quem é que com menos de 1% da população mundial contribuiu imenso para desenvolvimento da Humanidade (vide a origem dos homenageados com prémios Nobel)?

1497, 1539 e 1580 foram datas aziagas da história Portuguesa.

 /#/ 424

>>417
Tens a certeza de que não és um Portuense com um proxy Brasileiro a gozar com a malta?

 /#/ 425

>>415
>ser D. Afonso Henriques
>Arcanjo Miguel vir anunciar augusta origem de Portugal
>anos mais tarde
>S. Miguel aparecer aos pastorinhos
>apresentar-se como o Anjo da Paz
>ups! Portugal é escusado de uma guerra sangrenta que mata milhões
>realmente a guerra historicamente nunca nos chateou tanto assim
>pedreiros-livres malandros e demais ateus laminosos da época convertem-se em massa com as Aparições
>passam-se mais uns anos
>milagres são agora alucinações colectivas porque o Freud ou algum outro judeu o disse
>o ensino é uma formatação mental é descarada e sem-vergonha
>os lâminosos voltaram em força
>agora "sabemos" que na verdade só somos gente porque os Mouros BASEADOS! vieram cá salvar-nos das trevas
>e o Cristão é mau
>mas o C*tólico então Deus nos livre!
>e Portugal só é merda por causa da religião obviamente
>se ao menos tivéssemos tido o discernimento de nos tornarmos Mouros ishallah
>ou tivéssemos continuado a adorar serpentes
>ou tivéssemos adoptado os deuses paneleiros dos Romanos
>ou tivéssemos abraçado mais inteiramente a revolução liberal
>ou não houvesse religião de todo, meus caros intelectuais
>mas tudo o que eu sei é que o pior de tudo são os CATÓLICOS!!!
Não é possível meter juízo nesta gente. Lembre-te fiário que o próximo baptismo é com fogo.

 /#/ 428

File: 1555344472056.jpg (141,83 KB, 845x684)

>Igreja (((((Universal))))
>Quem vestia a mitra pertencia à nobreza obscura

Nada de mal

 /#/ 434

File: 1555347990426.jpg (2,68 MB, 4128x3096)

>>424
Xii, fedeu-se, fui descoberto. :O
Manucho, acabas te devendar o jackpot 3000 gumbal, e resetou o game.
Facto, sou do norte de origem e também lebloniano, enfim me rotulariam por nazista - fascista -salarazista- retrógrado e mais blablabla whiskas sachet fiado.

Admito, tu és um excelente investigador da PJ.

E pessoalmente esses são mesmo os princípios e valores que me administro desde sempre e que testemunho em minha vida. Realmente acho que precisamos de uma guinada total a outro sentido, mais pudendo, mais puritano, mais virtuoso, mais conservador de verdade em usos e costumes, mais tradicionalista, mais branco caucasoide europeu atemporal, e sempre católicos!

>>425
A postagem mais iluminada em Deus que vi hoje. Sempre que há manos a defender o baluarte do que sempre foi à raiz do nosso sempre salvífico catolicismo tridentino, bem, mereces ser elevado como distinto e aplaudido!

 /#/ 435

>>434
um senhor e um cavalheiro

 /#/ 441

File: 1555350227733.jpg (712,44 KB, 1889x2500)

>>434
Ânimo e coragem na tua missão, irmão. Infelizmente vivemos numa Era de sofomania tamanha que aquilo que era branco é agora preto e o que era preto é de cor diversa e muda a cada novo dia. Os mártires sofreram mais do que nós, tudo o que temos que sofrer é o gozo ignorante daqueles iluminados pela modernidade. Até as coisas que sempre foram escudadas pelo Cristianismo como a Nação são hoje deturpadas em racismos facilmente digeríveis e sem substância para animar revoltas parvas, juvenis, confusas. Mas uma Nação Cristã? Nem pensar. A defesa de uma comunidade que não se esgota na raça? Tira-me isso daqui. Reconhecer as virtudes que emanam de uma origem Maior e não de um humanismo pérfido, falível e corrupto? É que nem pensar. É tudo tretas, mano. Hoje a medida do teu valor até é facilmente mensurável com a métrica jeitosa do teu crédito bancário e patrimonial. O chico espertismo, o exibicionismo e o ser-se putanheiro são agora metas iluminadas, quem diria! E o Messias do momento está facilmente disponível num boletim de voto, que progresso! Realmente tudo o que temos que sofrer hoje em dia é só gozo e ignorância. Já lá vão os tempos em que a simplicidade das nossas convicções nos valia o baptismo em sangue. Mas por muito que eu ache que até isso fosse uma alternativa melhor a este mundo palhaço em que tens que dançar à volta da ignorância dos outros, é difícil não reconhecer o quão relativamente confortável é a nossa fé actualmente. Credo, até temos mémés Cristãos para nos rirmos um bocado de vez em quando.

Boa sorte na tua jornada, irmão. E que o Bom Jesus ilumine o teu caminho.

 /#/ 442

>>434
>>441
que merda é esta que estou a ver caralho os padres invadiram o xã

 /#/ 444

File: 1555363393993.png (197,23 KB, 300x300)

>>441
>acusa todos de ter a mania
>emprega o termo sofomania

ç léle

 /#/ 473

>>389
>Não tinha urbanizações avançadas
>O que é cultura castreja

 /#/ 491

>>417
germânicos nunca trouxeram nada de bom para a ibéria, nada além da destruição e morte, heresia e luxuria

cite uma só coisa boa da presença germânica? são tão merdas que não deixaram nem uma só construção legitima, só meia duzia de coroas feitas por ferreiros bizantinos e pilares também roubados dos bizantinos; tiraram novas cidades massacrando os nativos, perseguiram e martirizaram os católicos por anos e anos

você desconhece absolutamente a historia da hispania, os visigodos não são chamados informalmente pelos historiadores de invisigodos por nada, você literalmente caiu na propaganda medíocre do Isidoro, o maior loroteiro de Sevilha



Voltar[Publicar uma Resposta]
Apagar Comentário [ ]
[ ] [ * ] [ b / meta ] [ a / c / des / pol / t / v / int ] [ wiki ] [ / / / / ]