/god/ - Tábua de Deus

Discussão de assuntos relacionados a Deus


New Reply
Name
X
Email
Message
Files Max 4 files100MB total
Password
[New Reply]


Bhagavan_Sri_Sathya_Sai_Baba.jpg (u)
[Hide] (227KB, 1038x1280)
Do Seva. I'll save you.

https://youtu.be/zyVh5dU5axM
Alguém bateu em você.

Porque você está derrotado, você quer vencê-lo novamente (em troca)?

Quem está aí (na pessoa que bateu em você)?

Na verdade (quem está no corpo que recebeu a surra)?

Aquele que bate em você e aquele que é derrotado têm o mesmo princípio átmico (espírito) presente em ambos.

Como se (assim) Deus tivesse batido a si mesmo. Isso é tudo.

É tudo ação única de Deus.

Ele bate e Ele é espancado por sua vez.

Compreenda esta verdade.

Não devemos odiar ninguém.

Não devemos prejudicar ninguém.

Não devemos odiar qualquer pessoa.

Devemos amar a todos.

https://youtu.be/cv6ahyiy8Qk
No teatro da vida, existe uma mistura de bom e mau. Dos dois, um é conhecido como maarakam, e o outro como taarakam. O primeiro implica que o indivíduo age com base em que nada lhe pertence e que todas as palavras por ele proferidas ou qualquer ação que pratique pertencem a Deus. Ele desempenha o seu papel com esse estado de espírito, nada atribuindo a si mesmo. Taarakam, por outro lado, representa a atitude do ator que, consciente do seu papel, não se esquece da sua individualidade nas ações que pratica. Ele não se considera um mero ator, e sim o próprio agente! A diferença entre os dois é que a atitude de maarakam ajuda a pessoa a perceber a natureza temporária do papel que desempenha e a permanecer sem apego àquilo que se relaciona com ele, ao passo que a atitude de taarakam faz com que ela desenvolva apego ao seu papel e não queira  se desfazer de coisas relacionadas com ele! No conceito de maarakam não há senso de possessividade; já em taarakam existe apego àquilo que a pessoa considera como seu! (Discurso Divino, 15 de fevereiro de 1998)
1633974978532.png (u)
[Hide] (1.7MB, 976x1440)
sathya-sai-baba-in-trayee.jpg (u)
[Hide] (140KB, 880x464)
O que Eu quero deve acontecer; o que Eu planejo tem que dar certo. Eu sou a Verdade, e a Verdade não precisa hesitar, temer ou se curvar. “Desejar” é supérfluo para Mim, pois a Minha Graça está sempre disponível para os devotos que têm amor e fé inabaláveis. Como Eu Me movo livremente entre eles, falando e cantando, até mesmo os intelectuais são incapazes de compreender a Minha Verdade, o Meu Poder, a Minha Glória ou a Minha verdadeira Missão como Avatar. Posso resolver qualquer problema, por mais complicado que seja. Estou além do alcance da mais intensa investigação e da mais meticulosa avaliação. Somente aqueles que reconheceram e experimentaram o Meu Amor podem afirmar que tiveram um vislumbre da Minha Realidade, pois o caminho do Amor é a estrada régia que conduz a Mim a humanidade. Não tentem Me conhecer com os olhos externos. Quando vão a um templo e ficam diante da imagem de Deus, vocês oram com os olhos fechados, não é? Por quê? Porque sentem que só o olho interno da Sabedoria pode revelá-Lo a vocês. Portanto, não roguem a Mim por objetos materiais triviais; em vez disso, roguem por Mim e serão recompensados. (Discurso Divino, 19 de junho de 1974)
[New Reply]
4 replies | 3 files
Connecting...
Show Post Actions

Actions:

Captcha:

Instructions
NotíciasRegrasFAQLegal/DMCASourceDoar

Todas as marcas registadas, direitos de autor, comentários e ficheiros neste site são propriedade e responsabilidade dos seus respectivos autores e proprietários. Só um louco levaria o que aqui é escrito a sério.