/con/ - consultório

nunca serás uma adolescente


Novo Fio
Sage
X
Assunto
Mensagem*
Ficheiros Máx 4 ficheiros100MB total
Palavra-passe
[Novo Fio]


Aviso: >>>/meta/10480

213 544 545 / 912 802 669


No básico era alguém feliz, social e diga-se algo garanhão. No meu 7º,8º e 9º além de ter perdido a virgindade dei xoxos a 8 raparigas diferentes, tendo tido relações com 3.

Isto foi o meu auge, daqui foi sempre a descer.

No 10º termino uma relação que tinha desde o final do 8º. A única longa que tive até os dias de hoje.
Passei estes 3 anos com dificuldade em fazer amigas ou sequer atrair alguém ao ponto de fuder. Fiz amizades e algumas que se aguentam até aos dias de hoje.
Consigo terminar o 12º mas por causa dos exames negativos não tive nota de entrada para onde queria. Com isto vi toda a gente a andar em frente e eu a ficar para trás.

Foi um ano terrível, sintia-me burro e infeliz, foi um ano que perdi.

No entanto lá consegui de no ano seguinte entrar num curso, foram 3 anos de estudar, jogar e pouco mais. Não aproveitei a lincenciatura, não fiz um único amigo embora durante o período letivo lá está...era social e tentava mas sempre tive o azar (culpa própria talvez) de estar com pessoas que pouco saiam e pouco se mexiam para fazer o que fosse. Termino a licenciatura com ainda menos amizades e praticamente só falava com 2 ou 3 raparigas. Nestes 3 anos aproveito e tiro a carta de condução a pensar que a vida vai melhorar. Quão errado estava...
Entro em mestrado a pensar que finalmente as coisas iam melhorar, mas não, 2 anos monótonos que praticamente não fiz amizades que durassem mas sempre mantendo o espirito social e a tentar, mas novamente tenho o azar de apanhar pessoas introvertidas que não mexem palha.
Encontrar trabalho, pessoas parecem divertidas, fazemos algumas aventuras e copadas com alguma regularidade, isto quando o meu grupo original de "amigos/as" pouco ou nada faz em grupo.
Chegou o meu dia de aniversário, nem 1 alma me desejou os parabéns, mesmo aqueles que pareciam ser "amigos" e receberam a notificação na merda do facebook a dizer que fazia anos. Mais de 20 pessoas, nem 1, nem o meu chefe visto ser ele a pessoa que normalmente no nosso chat de grupo começava por abrir as hostes de parabéns a qualquer pessoa.
Daqui, novamente negativismo começa a pairar na minha cabeça e a sentir-me infeliz e miserável. Não consigo entender, não puxo ninguém para o lado mas no entanto parece que só atraio as pessoas erradas para a minha vida.
Mensagem demasiado longa. Ver completa
2 respostas omitidos. Ver fio completo
>começo a pensar que o problema sou eu

Pelo menos não estás em denial. Consigo perceber-te. Estás estagnado
Respostas: >>266
>>265
Já agora, parabéns atrasados danone
>wtf já não fodo há um tempinho isto é tipo tão mau sinto-me tão alienado ;_;
kek

Olha que não se vai de Chade para o que raios tu és agora sem razão.
Vou dar algumas possibilidades:
>não cresceste e ficaste um manoleto com altura de rapaz de 8º ano
-
>a tua personalidade foi à merda e és insuportável
-
>algo aconteceu à tua cara
-
>começaste a perder cabelo
-
>simplesmente não tentas

Mensagem demasiado longa. Ver completa
Respostas: >>268
>>267
Chad é alguém que está bem consigo mesmo e ajuda outros a atingir o mesmo patamar e ver o melhor neles mesmos. Nunca disse que era isso

>não cresceste e ficaste um manoleto com altura de rapaz de 8º ano
- Tenho 1.86 segundo o cc, vale o que vale
>a tua personalidade foi à merda e és insuportável
- já pensei nisto mas não acredito que seja chato, tento sempre meter conversa e ouvir os outros, pelo menos considero a segunda parte ser um dos meus fortes
>algo aconteceu à tua cara
- não
>começaste a perder cabelo
- não
>simplesmente não tentas
- não vou tentar até levar pessoas à exaustão, a minha regra é tentar 3 vezes para o mesmo pedido, fora isso já não é reciproco o interesse
Respostas: >>269
>>268
>Chad é alguém que está bem consigo mesmo e ajuda outros a atingir o mesmo patamar e ver o melhor neles mesmos.
Sim, Chade não é aquele gajo alto todo bom com um harem atrás - é na verdade um macho geneticamente inferior que está bem consigo mesmo e ajuda os outros a ver o melhor neles mesmos.
Lulz, porkek normalóides são tão azulpilados?

1621189332112.webm
[Esconder] (449.2KB, 480x480, 00:10) ImgOps
>idade do primeiro beijo
9 anos mas foi num jogo. Na verdade foi 17
>virgindade
18
>primeira relação
19
>pico satisfação com a vida
19/20 devido as novas experiências, mas qualquer faixa dos 20 foi boa. 
>casamento
nem vejo tal coisa a acontecer em breve
>primeira criança
Por este andar é demasiado improvável que vá acontecer
42 respostas e 6 ficheiros omitidos. Ver fio completo
Respostas: >>212 + 4 antes
>>63 (OP) 
>idade do primeiro beijo
Nào aconteceu
>virgindade
Virgem ainda
>primeira relação
Um e-namoro de 3 dias, gajo detestou me a partir daí (sim sou fagote)
>pico satisfação com a vida
Agora (19)
>casamento
Nunca
>primeira criança
Nunca (ou, se adotasse, teria de ser enquanto pai único)

Prometi a Deus Cristo Nosso Senhor que não sucumbiria mais à carne masculina. Desejem me sorte na minha jornada manos.
Respostas: >>213
>>212
se és fagote porque é que não instalas o tinder ou a app que eles usam e arranjas outro paneleiro? 

Perder a virgindade sendo gay deve ser das merdas mais fáceis. Sei de histórias que esse povo andam sempre a mamar-se uns aos outros.
>>206
Teste
>idade do primeiro beijo
14
>virgindade
18
>primeira relação
18,com a mesma rapariga que perdi a virgindade 
>pico satisfação com a vida
Talvez aos 22
Foi a altura em que tinha mais autonomia financeira e comprei o meu carro. Fartava-me de sair com os meu amigos e fui conhecendo muita gente. Hoje em dia acho que as amizades são mais pesadas e com maior espírito de competição e inveja que na altura, e tenho a minha mãe mais doente também.
>casamento
Não faço questão, mas se a quiser é tivermos dinheiro considerava até 
>primeira criança
Gostava de deixar algo de mim no mundo. Não faço ideia qual a melhor altura pois são todas complicadas, mas atirando para o ar diria 32
a9257d656bf24486bf8dc6d7cbc11f73431fc94f844358f255d54c3a5099f9e0.jpg
[Esconder] (419.4KB, 634x2662) ImgOps
M-manos? Vocês estão dentro do e-espectável?

>Tentar marcar passeio higiénico em Março
>Ela: siga anon :)
No próprio dia diz que não pode porque entrou tarde

>Ei anon, bora marcar férias? :)
>Porque não siga!
>Passa Março, Abril, Maio, Junho
Afinal não vai haver porque houve sempre problemas nos horários

>Ei anon bora marcar jantar?
Passou Abril, Maio, Junho sempre com desculpas pelo meio de pouco tempo e afins

>Ela: Ei anon onde vais de férias?
>Eu: Vou ali e acolá
>Ela: Fixe era ir a X ou Y
Mensagem demasiado longa. Ver completa
10 respostas e 2 ficheiros omitidos. Ver fio completo
water.jpg
[Esconder] (93.8KB, 1848x1246) ImgOps
>>201
baseado
1616998740964.jpg
[Esconder] (35.5KB, 520x416) ImgOps
>ser eu
>ter amiga de infância pela qual estive completamente apaixonado durante todo o período de escola secundária, ela sabia e nunca me deu uma hipótese
>muitos anos se passam, percebo que temos personalidades demasiado diferentes e começo a gostar dela apenas como amiga
>na semana passada ela diz que está interesssada em mim
>rejeito-a, digo que não me consigo imaginar numa relação com ela e que estimo muito a nossa amizade
>ela fica fodida comigo
>grupo de amigos fica uma rebaldaria do caralho, literal guerra civil entre amigos e amigas de ambos os lados
>"agora nem amizade nem namoro, um dia vai chegar a tua vez e és tu o rejeitado"
Eu tento mas é literalmente impossível perceber mulheres, eu não poderia ter sido mais simpático na maneira como lhe disse que não queria namoro mas valorizava a nossa amizade. Pelo menos sei que se reagiram assim já me safei de futuras colossais dores de cabeça que eventualmente iriam surgir se me continuasse a relacionar com esta gente.
Respostas: >>227 >>230
>>203
Isso soa a atitude de merdolescente desu
>>203
Isso não tem nada a ver com ela ser mulher, já vi essa merda acontecer mil vezes só que com gajas a rejeitar gajos
mas quem é que vai de férias com alguém que nem sequer quer ir a um passeio contigo?
Ou está-me a falhar aqui qualquer coisa?

1624432997018.webm
[Esconder] (732.1KB, 256x320, 00:24) ImgOps
Isto já vos aconteceu alguma vez?
Ouvi dizer que é experiência comum para homens normais na universidade
Respostas: >>228
>>211 (OP) 
Não, cumps.
t. Gajo de STEM
sim, acontece recorrentemente

transferir.jfif
[Esconder] (11.5KB, 318x239) ImgOps
Atualmente estou a trabalhar num hotel como porteiro, não tenho quase vida social, nem tempo para mim ou para a minha família.
Recebi uma proposta para trabalhar num armazém do Pingo Doce, sendo que o trabalho também é por turnos.
O salário é exatamente o mesmo.

O que acham melhor?
6 respostas e 2 ficheiros omitidos. Ver fio completo
>>220
Eu comecei em tempo parcial e entrava às cinco da manhã, depois (para poupar dinheiro em horas noturnas) passei a entrar mais tarde (acho que às 7) com mais uns quantos e tínhamos de deixar as coisas meio que preparadas antes de sairmos para os outros gajos se conseguirem orientar. Eventualmente, passei a tempo inteiro. Nunca trabalhei por turnos. Saia quase sempre 45 minutos ou uma hora mais tarde e nunca contabilizaram isso. Talvez por ser puto deixei-me comer de cebolada aqui. 
Esticão era quando tínhamos de fazer inventário, aí todas as horas eram contabilizadas mas cheguei a ficar 18 horas no armazém mas isto eram eventos esporádicos.
Nos primeiros meses saia completamente destruído, só dormia depois. Ao fim do período de adaptação, estava fixe, só era chato para um puto não poder sair a noite com os rapazes porque as folgas eram rotativas. 
Tu estando por turnos, pode mudar muito este último aspecto mas como nunca trabalhei assim não te sei dizer.
Respostas: >>223
>>222
Obrigado, anon!
Conseguiste orientar a tua vida depois?
Respostas: >>224
>>223
Meh, estou melhor agora mas não é difícil. Foi uma altura meio negra da minha vida mas isso e outras merdas em que me meti mudaram completamente a minha visão do mundo e a partir daí foi sempre a subir. Vamos ver qual é o limite superior.
Eu trabalhava desde 2019 numa cadeia hoteleira internacional (como financeiro, sou formado em contabilidade) fui dispensado em Abril passado e lembro-me que na altura saiu muita gente também e aquilo ficou reduzido a uma tripulação esqueleto: dado que as coisas ainda vão piorar mais sem os bifes e os boches em porcogal, duvido que a tua empresa te vá manter aí durante muito mais tempo, sobretudo num sub-emprego fácil de estourar como bagageiros/porteiros.

Obviamente que trabalhar num armazém deve ser uma merda, mas a Jerónimo Martins tem fama de ser uma empresa séria em termos de pagamentos e direitos e mais que isso, dá te a possibilidade de ires avançando internamente para outros cargos através de vagas específicas para colaboradores: tens de avaliar pelo que os anões aqui te dizem e ver se é uma merda que te interessa.

Pá, eu só estive dois anos nesta empresa e garanto-te que Hotelaria é um sector de merda para se trabalhar e praticamente toda a gente hoje em dia sabe isso, vai ser o próximo sector económico depois da agricultura a viver única e exclusivamente de escravos imigrantes bostileiros ou nepaleses.
la_vida_neeta_loca.gif
[Esconder] (306.7KB, 200x200) ImgOps
No teu lugar, assumindo que tens um ano de descontos e vives em casa dos pais, cagava nos dois sítios e falava com os atuais chefes e propunha-lhes uma saída "amigável" em mútuo-acordo sem indemnização pecuniária para conseguires ir buscar o subsídio e usar para fazeres uma formaçãozita ou simplesmente #ficaremcasa.

Neste momento, praticamente 90% do trabalho disponível é sub-emprego precário e com o covides a coisa fica ainda pior, mais te vale mamares o dinheiro durante uns tempos a ver no que isto dá.

Screenshot_20210603_035451.jpg
[Esconder] (291.1KB, 1080x1560) ImgOps
Como recuperar disto? Ela pouco fala e responde sempre com pontos finais, mas no entanto é gostosa e gostava de colocar.

Como recuperar deste ghost? Posto sequência se adquirir graças a vocês
20 respostas e 1 ficheiro omitidos. Ver fio completo
12345.png
[Esconder] (41.8KB, 300x366) ImgOps
Uma boa dica que por acaso resulta comigo. Não perguntes se ela quer ir ao Mc contigo, afirma que ela vai contigo neste género:
>Vamos ao Mc!
Isto asserta dominância, cumps
Respostas: >>208
>Como recuperar

Das-lhe ghost e parte para outra e deixa de ser submisso, faz com as outras o que ela te fez contigo, funciona para ambos os lados.
>>205
>ir ao Mc
Respostas: >>209
>>208
>Não ir ao MC
Ide po caralho plebeu
>>204
Vai com ele às putas

1623623180434.jpg
[Esconder] (71.7KB, 875x1024) ImgOps
É comum já ter desistido de uma vida sexual saudável e estar reduzido à pura passividade/desinteresse pelo sexo oposto?
Não é que eu não queira foder, mas também estou numa fase que não estou para me reduzir a um cãozinho abandonado para dar tudo por uma pota com síndrome de princesa que mais ninguém a atura sem ser o desesperado.
Com isto não digo que não há boas gajas, mas é uma ocorrência tão rara que não vale a pena sequer pensar nisso. Pelo menos tem sido a minha experiência. 
Acho que no fundo também acaba por ser uma questão de respeito próprio que vem com a idade. Um gajo já não tem mesmo vontade de aturar certas coisas e com o afunilamento dos círculos sociais cada vez me vejo mais a acabar sozinho.

E não acho que seja algo passageiro. Já dura há 2 anos que coincide com o fim da minha última relação. Acho que apanhei uma enjoo tão grande de dramas que simplesmente desisti da pouca esperança que tinha.

Não sou virjão nem celim, embora sempre tive alguma dificuldade com o sexo oposto. Sou 25+
Respostas: >>187
>>186 (OP) 
>É comum?
Não
>Há problema?
Também não, basta apenas descobrires algo para fazeres para além de simpar para poctas e vais ter uma vida tranquila
Respostas: >>189
>>187
E render-me a uma vida de frustrado sem intimidade? Eu já faço isso há mais de 1 ano e não tenho uma vida tranquila
E nota, eu não sou simpo. Muito pelo contrário. Apenas chega a um ponto na relação que parece que as gajas acabam sempre por deixar de gostar de mim. No início puxamos os 2 a carroça de igual modo, mas no fim são sempre elas a cagar forte em mim. E na minha experiência são relações de anos que acabam. 
Eu quando gosto de uma gaja, por norma é para ficar com ela. Nunca tive necessidade de andar a cheirar a porta do vizinho

Às vezes parece mesmo que a mulher só gosta do homem quando está no seu melhor. Mal te descais emocionalmente elas perdem o respeito por ti, na minha experiência. Se calhar os doentes da pílula vermelha até têm razão.
Respostas: >>190
>>189
>E render-me a uma vida de frustrado sem intimidade?
Sim
Eu vivi assim toda a minha vida, e provavelmente assim continuarei

bca130f33904b37b6a5a073a8920e64e882cab211c557ea9a3852edf445785c5.jpg
[Esconder] (99.3KB, 590x586) ImgOps
Sempre obtive razoável sucesso com raparigas na noite. É fácil aproximar-se e falar com pessoas nesse entorno, seja para fazer amigos ou bater coro a potas. Num mundo covid isso já não me é possível, resta-me agora o jogo diurno, além disso o meu circulo de amigos é tudo gajos. Chades deste antro, como é que abordam potas de dia sem parecer tudo forçado? Frases feitas, pedem merdas que não precisam ou simplesmente dão-lhe aquele elogio básico? Para contextualizar ainda me encontro em ambiente académico(não por muito tempo).
3 respostas omitidos. Ver fio completo
Respostas: >>181 >>182 + 1 antes
>>177 (OP) 
Vê os vídeos do João Mestre, aka segredos do bang bang para aprenderes como se faz
>>177 (OP) 
Se não tens raparigas no teu grupo de amigas isso torna-se mais dificil. Eu ando a comer uma fofinha que me foi apresentada por uma amiga na qual eu nunca meteria a pila, por exemplo. Amigas de amigas é sempre a cena mais facil.
>>180
A única coisa a partir aqui é a peida da tua dama cumps
Respostas: >>185
>>184
>A única coisa a partir aqui é a peida da tua dama cumps

Hmmmmmmmmm...

Esta frase anda em quase todas as tábuas.

óóóóóH admerdito !! desliga a merda dos bots.

Senão faço um gofundme para angariar os trocos para ir ter contigo para te partir o buco!

>lida
Respostas: >>188
>>185
>Esta frase anda em quase todas as tábuas.
Já a tua dama anda a dançar neste pau cumps

ca1f93f9b7334e10339e5825c0757c3a.jpg
[Esconder] (185.3KB, 767x1042) ImgOps
Antigamente tudo era melhor, quando eu tinha 7 anos. Gostava de voltar atrás no tempo de quando eu era desejado pelos professores  todos e pelos vizinhos e vizinhas. As pessoas tratavam-me tão bem que eu era muito feliz e eu era mais bonito  e fofinho e tinha mais chances de fazer um futuro com alguém. Agora a minha vida está uma merda porque tenho stress porque a minha imaginação/o meu mundo na minha cabeça não corresponde com a realidade e as pessoas erão más então isso fez uma enorme confusão
Respostas: >>173
>>172 (OP) 
ok lulu toma os medicamentos
Eu nunca voltaria à escola primária
A minha professora tratava-me mal e humilhava-me
Estive cerca de um ano a recuperar de um problema de saúde e não conseguia andar, os meus colegas excluíam me e não compreendiam
Praticamente não brincava, apanhava horas de tédio por dia
Foi em geral uma seca
Hoje em dia sou um virgem incelo, mas um adulto, posso fazer o que bem quiser com o meu tempo. Muito melhor.

Gnarliest-Bail-Ever-.jpg
[Esconder] (191.9KB, 1000x689) ImgOps
Se a gaja na caixa do supermercado tiver mais ou menos a mesma idade que eu, é errado tratá-la por 'tu'?
20 respostas e 1 ficheiro omitidos. Ver fio completo
>>166
Não importa se tens 70, 80 ou 90 anos. És incelo. Nunca serás um homem, logo não mereces ser tratado como tal.
Respostas: >>169 >>170
>>166
>Não cumpriu o seu dever como mulher, logo não merece o título de "senhora", um título de respeito e honra.
Tudo isto é isco.
>>167
Sim, o mesmo se aplica aos homens.
>>167

Os padres aqui do chan largaram uma lágrima de tristeza.
>>166
Burro

Página: [1][2][3][4]
Ações

Ações:

Captcha:

Instruções
NotíciasRegrasFAQLegal/DMCADoar

Todas as marcas registadas, direitos de autor, comentários e ficheiros neste site são propriedade e responsabilidade dos seus respectivos autores e proprietários. Só um louco levaria o que aqui é escrito a sério.