tudo b int meta a c des fit pol t v ao br mo

/a/ - Anime / Manga

Nome
Opção
Comentário
Ficheiro
Embutir
  • Lê as Regras e o FAQ antes de participar.
  • Voltar  Arquivo 

    1553281527636.jpg  (293,17 KB, 1920x1080) ImgOps

     /#/ 873

    Fio para anúncios e notícias.

    —————
    Boas notícias para as duas pessoas que viram Baki, mas a 2.ª temporada já foi confirmada para Abril.
    https://www.whats-on-netflix.com/news/baki-season-2-delayed-release-april-2019/

     /#/ 876

    >>873

    Não gostei muito da série da netflix, vou ser sincero. Mas gostei do original.

     /#/ 877

    1553284087210.jpg  (232,29 KB, 1920x1080) ImgOps

    >>876
    Eu não li o mango mas adorei o quão campy toda a série foi. Teve grandes problemas de produção, houveram frames onde até se esqueceram de remover o overlay da storyboard (pica relatada) e a visão era inconsistente (abandonaram completamente os modelos CGI por exemplo). Mas quero ver a continuação da história até porque as traduções do Baki não parecem ser muito boas.

     /#/ 951

    1554522841666.png  (640,45 KB, 792x747) ImgOps

    Finalmente foram anunciados os actores para o liveaction do Cowboy Bebop. O que é que achamos disto, /a/migos?

     /#/ 952

    >>951
    tinham de meter um preto…

     /#/ 953

    >>952
    Haviam 2 certezas quanto a esta adaptação: que o Jet ia ser um precto e o Vicious ia ser um branco. Estou mais surpreendido com a escolha do Spike.

     /#/ 954

    >>953
    Eu nem sei se é opinião pouco popular mas embora o Spike seja uma personagem muito boa a sua backstory é extremamente desinteressante, juntamente com a dinâmica que tem com o Vicious, acho que é um mauzão muito fraquinho. É capaz de ser a parte mais fraca da série toda. Infelizmente já não vejo isto há quase duas décadas agora e tenho dificiuldade em lembrar-me dos detalhes, mas foi essa a ideia com que fiquei. Se calhar é altura de rever.

     /#/ 955

    >>954
    Eu não discordo necessariamente, a história é "fraca". Mas também acho que é tão forte quanto precisa de ser. A cena do Cowboy Bebop é mais a série e as personagens e como cenas acontecem e como as cenas impactam-nas.

    Recomendo que revejas a série. Eu também o fiz recentemente depois de um caralhão de anos e fiquei muito agradado com a experiência. Acho que o "sentimento" da série envelheceu bastante bem.

     /#/ 956

    >>951
    Vai ser uma merda.

     /#/ 1699

    SAÍDO DA PRENSA!
    SAÍDO DA PRENSA!
    SAÍDO DA PRENSA!
    Parece que finalmente aconteceu, manos.
    Vamos ter uma adaptação do Uzumaki do Junji Ito.
    SAÍDO DA PRENSA!
    SAÍDO DA PRENSA!
    SAÍDO DA PRENSA!

     /#/ 1701

    >>1699
    >Vamos ter uma adaptação do Uzumaki do Junji Ito.
    Já havia um filme.
    E o ultimo anime com shorts do Junji Ito foi mesmo horrível.
    > adult swim
    ???????

     /#/ 1702

    >>1699
    quem me dera a que isto fosse tao bom como oi mangá mas o histórico de anies de terror faz-me pessimista

     /#/ 1704

    >>1702
    Sim mas parece que eles escolheram um bom estilo para a adaptação.

     /#/ 1724

    É este o início do fim da animação tradicional

     /#/ 1725

    1570143228320.webm  (2,82 MB, 1280x720) ImgOps

    >>1724
    Detesto admitir que tem bom aspecto. Mas ainda não compete com animação tradicional em termos de estética.

     /#/ 1727

    1570143563034.mp4  (3,31 MB, 640x480) ImgOps

    >>1725
    Não sei se esse é um bom exemplo mas geral ainda concordo. Mas é preocupante que o Japão lentamente esteja a chegar quase lá com o CG.

     /#/ 1728

    1570143963033.webm  (2,77 MB, 640x360) ImgOps

    >>1726
    >Não sei se esse é um bom exemplo mas geral ainda concordo.
    É um excelente exemplo, seu filisteu.

    Antigamente eles ainda tinham a decência de tentar esconder o CG, mas cada vez mais é uma peça central das produções. Já quase não existe animadores e o que os estúdios mais querem é cortar recursos quando podes simplesmente largar modelos 3D nas camadas de animação e siga p'ra bingo. Algumas produções já são quase exclusivamente 3D, e algumas delas são até bons produtos de entretenimento. Não sei até que ponto é possível travar este sentido da indústria, mas com cada vez mais procura por macacada de Macau, estranho seria se os estúdios não se dobrassem por necessidade a este tipo de decisões de produção. O que mais chateia é que as OVA enquanto modelo de negócio já morreu, e aí tinhas regra geral animação acima da média. A Sunrise ainda produz autismo Gundam e a animação costuma ser óptima.

     /#/ 1729

    1570146839239.mp4  (7,72 MB, 854x480) ImgOps

    >>1728
    >É um excelente exemplo, seu filisteu.
    Não, absolutamente não é. Não posso falar do filme porque não o vi, só me estava a referir ao clip que postaste. Não estou a dizer que é horrível, só estou a dizer que não é grande exemplo que se cheire. Consegues constantemente ver os atalhos e compromissos feitos na produção em cada frame. Cheio de post-processing, color grading, blooms e 3 bilioes de efeitos em computador, maioritariamente lighting e blur. Precisamente os tropes todos que me chateiam na produção moderna. É como dizes, cortar custos. Mas mesmo quando os traços da animação são bons, é muito raro eles não aplicarem 30 camadas de post-processing em cima e tornar a leitura da animação muito mais difícil e desagradável ao ponto que nem consegues fazer tracking às linhas originais de animação e perde-se grande parte da """alma""" do movimento.
    Eu não sou nenhum ludita que odeia o uso dos computadores na animação, eu gosto de seguir o processo e há uma infindável de bons exemplos em que é bem aplicado no auxílio do processo de criação da animação, complementando o movimento e tracking. A minha pedrinha no sapato é quando usa para ofuscar e basicamente aplicar camadas de maquilhagem por cima.
    Acho que não estámos em desacordo em praticamente nada tirando o facto de eu não achar isso um bom exemplo, mas infelizmente hoje em dia esses tropes todos são comuns, só me chateia é quando os passam de TV para os filmes também. E como tudo a morte das OVAs só veio piorar isto, mas nem consigo imaginar um modelo de negócio em que seja possível OVAs funcionarem hoje em dia.

     /#/ 1730

    1570208359952.jpg  (306,54 KB, 1280x720) ImgOps

    >>1729
    Eu percebo o que dizes. Mas a animação digital veio para ficar e já não há volta a dar, creio que a última série animada em celulóide foi em 2017, e a produção desses substratos já acabou. Portanto, digital ou nada. Ainda fazem algumas experiências interessantes para recriar a estética antiga, o Megalo Box sendo um bom exemplo, mas já não há muito a fazer quanto ao tratamento digital nas produções. Já agora, foste buscar um exemplo um bocado extremo, a Ufotable é um estúdio que sempre teve na vanguarda dessas técnicas de animação digital, a maior parte dos outros estúdios não se põe com essas paneleiradas tanto por constrangimentos de produção (falta de tempo, pessoal, etc.) como também por visão artística. Já agora, a Ufotable usa também muitos modelos 3D e depois passa a linha por cima para quebrar um bocado o efeito efeito do CGI; tenho ideia que a Sunrise fez a mesma coisa no Gundam Unicorn, eles animam o modelo 3D do Gundam e depois desenham por cima. Sempre é ligeiramente melhor do que só 3D, mesmo que destrua a arte do animador ao tirar ao artista a responsabilidade de ele fazer o tracking, sempre é um bocado menos preguiçoso do que só se ficar pelo modelo 3D.

    As camadas de "maquilhagem", blush e gradientes de cor no cabelo das personagens, etc. costuma ser terrível. As sombras digitais costumam ser horríveis também, mas agora água e fogo CGI é simplesmente terrível e vê-se cada vez mais. O Vinland Saga para mim perde muito do charme por causa da água 3D e por causa da palete de cores digitais esbatidas. A palete de cores em particular é algo que me incomoda, recordo a animação dos inícios dos anos 2000 e aquilo era mesmo muito mau; mas antes disso, o estúdio Ghibli já usava animação digital e as cores eram sempre bastante bem conseguidas.

    Eu não acho que toda a animação digital seja má. O Mononoke foi uma série com muitos objectos 3D e a direcção visual da série salvou-a, o mesmo com o Ping Pong que tem 3D a torto e a direito. Eu sou bem mais ludita do que tu, se pudesse clicar no botão para VOLTAR ATRÁS! eu nem pensava duas vezes. Mas reconheço livremente que a indústria com recursos de produção dos anos '90 e a procura actual simplesmente seria incapaz de dar conta do recado.



    Voltar[Resposta rápida]
    Apagar Comentário [ ]
    tudo b int meta a c des fit pol t v ao br mo